DJ Bueno é o cabeça do projeto “Gangue do Consciente”, que viralizou no Spotify
Créditos: KondZilla
- Por Wenderson França

DJ Bueno é o cabeça do projeto “Gangue do Consciente”, que viralizou no Spotify

O funk consciente resiste ao longo dos anos e subiu como foguete em 2019. Foi assim que surgiu a ideia do “Gangue do Consciente” na cabeça do produtor DJ Bueno, 26 anos, cria do Jardim Peri e famoso por causa do ‘forte abraço DJ Bueno meu parceiro‘. O projeto reúne oito MCs mandando fortemente no consciente, além do próprio DJ. O som está no Top 10 de músicas virais no Spotify. Cola com o Portal KondZilla e saiba como foi desenvolvida a ideia até a gravação do videoclipe.

Os sons dos MCs Menor MR, Paulin da Capital, Rhamon, Negão do Arizona e DR foram alguns dos nomes que ouvimos no funk consciente em 2019. Tivemos ainda MC Lynne, que apareceu com sua voz mostrando que a vertente pode ser ocupada pelas mina também. Agora, imagina todos esses artistas em um mesmo funk? Foi o que rolou em “Gangue do Consciente”, que também contou com a participação de MC Nego da 3 e MC William.

“O projeto foi uma ideia do além que matutei na minha cabeça e coloquei no papel para desenvolver”, explica DJ Bueno. “Comecei a fazer tudo no sapatinho no início de 2019, não tinha mostrado para ninguém, depois que mostrei a galera gostou e começou abraçar a ideia”. O videoclipe foi liberado no final de outubro e já acumula 3,8 milhões de visualizações.

“A princípio chamei artistas que eu tinha mais intimidade, os que gostaram toparam e fomos para cima”. Bueno assinou e muita gente somou no trabalho. “Eu fiz a letra toda da gangue e depois os MCs vieram lapidando. O MC Jottapê também me ajudou na construção da letra, DJ Loirin produziu porque eu ainda estou aprendendo e tive ajuda de bastante gente, não fiz exatamente sozinho”, explicou Bueno.

O som já está na boca das pessoas e vem consolidando o trabalho do DJ Bueno. “Não tinha enxergado ainda a proporção que esse projeto tinha tomado, fui entender mesmo porque quando toco ela nos bailes as pessoas sacam o celular pra filmar”. O bordão pegou e fez o nome dele. “A galera agora me cumprimenta ‘forte abraço DJ Bueno meu parceiro’ isso é foda”.

O projeto “Gangue do Consciente” deu tão certo que ganhou novas ideias e mais nomes para participar dos próximos lançamentos. “Quero lançar o ‘Gangue do Consciente 2’, 3 e até 4. Inclusive já tenho algumas ideias e quero envolver o trap no meio, quem sabe chamar artistas como o Dfideliz, parceiro que cresceu na mesma quebrada”, referindo ao Jardim Peri, zona norte de São Paulo.

A história do DJ Bueno

Com quase 10 anos envolvido na cena do funk, DJ Bueno iniciou sua carreira tocando músicas eletrônicas, principalmente pelo fato da discriminação com o funk. “Comecei tocando eletrônica porque o funk não era tão forte no mercado. Mas também era bem mal visto, se você chegasse e falasse que tocava funk os cara nem te contratava”.

O funk salva vidas. “Eu tive meus corre louco, mas graças a Deus o funk me tirou dessa vida, é como relata a letra do consciente ‘essa letra louca, me tirou da boca, me livrou do laço do passarinheiro que queria me levar’. [Os versos] falam um pouco de uma parte da minha história”, deu o papo Bueno. “Passarinheiro são as grades, mas tem vários sentidos, por exemplo: uma vida errada que você leva dentro do mundo das drogas que a qualquer momento venha tirar sua liberdade ou sua vontade de viver”. Da vida louca à música, MC Lele JP é outro artista que encontrou no funk uma oportunidade.

Para finalizar DJ Bueno falou sobre suas inspirações e as novidades da sua carreira para o futuro. “Eu me inspiro nos de verdade, nas pessoas que estão próximas de mim”. E agora começa a produzir além de tocar nos bailes. “Quero ser versátil, um produtor que faz tudo, é isso que eu estou buscando”.

Acompanhe DJ Bueno no Instagram

Leia mais:

O funk consciente vive nas crianças, conheça os cria MC Bielzinho, MC LP e MC Bebê King

Da vida louca à música, MC Lele JP passa visão em seus sons

O funk consciente resiste ao longo dos anos

Tags relacionadas:

Funk