Produtor musical de “Tudo ok” e “Hit Contagiante”, JS o Mão de Ouro comemora o crescimento do ritmo
Créditos: Karolyn Andrade // Portal KondZilla
- Por Gabriela Ferreira

Produtor musical de “Tudo ok” e “Hit Contagiante”, JS o Mão de Ouro comemora o crescimento do ritmo

Se o brega funk está onde está hoje, uma das pessoas que foi fundamental para esse processo de crescimento do ritmo é o JS o Mão de Ouro, produtor de hits como “Surtada“, “Hit Contagiante“, “Sentadão” e “Tudo Ok“. No corre há oito anos, hoje JS colhe os frutos de sua dedicação. 

Assim como muitos artistas, JS, Jonathan Ramos do Santos, de apenas 23 anos, precisou ralar até ter reconhecimento. Cria do Jardim Paulista Baixo, lá de Pernambuco, o produtor foi estourar depois de oito anos de carreira.  “Tô nessa caminhada vai fazer oito anos, só comecei a ter reconhecimento de 2019 pra cá depois de ‘Hit Contagiante'”, comenta JS o Mão de Ouro. 

Na época do remix de “Evoluiu” com o Felipe Original, que deu origem a “Hit Contagiante“, ele ainda era JS no Beat. O remix em brega funk da música do Kevin o Chris se tornou um sucesso tão grande que é até difícil de contar quantas visualizações o hit tem no YouTube já que são vários uploads diferentes, mas podemos dizer que tem mais de 100 milhões de views. No Spotify, o som já foi ouvido mais de 83 milhões de vezes. É hit que chama?

Essa foi a primeira de uma sequência de sucessos, depois veio “Surtada“, um brega trap com Dadá Boladão, que soma mais de 150 milhões de visualizações no YouTube. “Essa música a gente fez do zero. Dadá colou no estúdio que eu tinha em Recife, a gente passou o sample do trap pra brega e fizemos a letra”, comenta ele. 

Depois de “Surtada”, vieram mais duas: “Tudo Ok“, com Thiaguinho MT e Mila, e “Sentadão”, com Pedro Sampaio e Felipe Original. Entre as dez músicas mais tocadas no Spotify Brasil, três são produzidas por ele. Além de ser um sucesso do próprio JS, todos esses números também mostram o crescimento do brega funk. “É muito legal ver que o brega tá se expandido cada vez mais”, comemora o produtor. “É bom ver que os artistas do Recife tão crescendo e que os artistas dos outros lugares tão apostando no brega e crescendo também, tipo meu amigo Thiaguinho MT”.

 

Além do crescimento do ritmo e do reconhecimento dos artistas do brega, o movimento ainda tem outro ponto crucial: o passinho, que além de ajudar a divulgar as músicas e ser a cara do ritmo, ainda tem um valor social. “A dança tirou muitos jovens das drogas, isso que é legal. A galera da vida errada foi pro passinho”.

Nova batida

Um dos motivos do sucesso tremendo das músicas produzidas pelo JS o Mão de Ouro é a diferença que ele trouxe pro hit. A base do brega é batida de latinha, mas ele trouxe algo mais especial pras suas produções. “A latinha já existia no brega funk e eu atualizei ela com as panelas da minha vó”, conta ele. “Fiquei batendo a panela no fone e sai juntando todos os sons que saia. Assim surgiu essa batida nova, que explodiu”. 

Trazer uma novidade pro cenário musical não é só sorte, JS diz que pra chegar onde está hoje, existe muito estudo envolvido. Ele, inclusive, considera que todos esses quase oito anos esperando pra estourar foram de preparação e aprendizagem. “Comecei a produzir vendo tutoriais no YouTube”, comenta JS sobre o pontapé inicial. “A gente estuda ouvindo tudo que é tipo de música. Isso ajuda a abrir nossa mente”. 

Desses estudos surgiu a união do brega com o trap em “Surtada”, e JS garante que quer continuar experimentando outras misturas. “Quero fazer um brega com reggae, com reggaeton. To dando uma estudada”, comenta ele. Quando a gente colou no estúdio dele lá na produtora Los Pantchos, do Marcelo e Rita Soares, para a entrevista, rolou uma sessão super especial dos próximos lançamentos do JS e olha, ainda tem muita mistura inusitada vindo por aí que não vou soltar spoiler. 

Próximos passos

Por causa do sucesso, JS acabou vindo pra São Paulo. Contratado pela Los Pantchos, o produtor está há três meses morando na capital paulistana. Além de continuar os trampos aqui de São Paulo e continuar estudando misturas, JS pretende se colocar mais e mais nas músicas. Uma amostra disso é “Ela Fez um Lomotif“, com Thiaguinho MT, que ele também canta. 

“Acho muito legal ver os DJs cantando mais, tipo o Pedro Sampaio e o Dennis DJ”, diz ele sobre o reconhecimento que os produtores. “Quero cantar mais nas minhas músicas. Na música com Thiaguinho e Rennan que vai sair, eu canto também”. 

Seja no passinho, na produção ou no gogó, o JS o Mão de Ouro é um dos nomes pra se ficar de olho em 2020. Se em 2019 ele foi um dos destaques, agora é só ficar aguardando as próximas peripécias do produtor. 

Acompanhe o JS o Mão de Ouro: Instagram

Faltava uma música para empoderar as mulhere;, diz Mila sobre Tudo OK
Tudo Ok mostra que as redes sociais estão de mãos dadas com os hits do momento

Thiaguinho MT e a história de Tudo Ok um dos possíveis hits do Carnaval

 

Tags relacionadas:

Produtor / DJ

Bregafunk

Matérias