Corte com "Reflexo" é sucesso nos morros cariocas

Autor: Wenderson França

Fotos por: Reprodução // Redes sociais

Funk | 25/09/2019 16:28:07

Anexo faltante

Nas comunidades cariocas, a galera gosta mesmo é do cabelinho na régua. Manda aquele disfarce do lado, pigmentação, ajeita o bigodinho (quem tem) e partiu pro baile dos crias. Por isso, as tendências não param de surgir, seja no Rio de Janeiro, São Paulo ou em qualquer outro estado do Brasil, a favela segue sempre inovando. Em terras cariocas, a pegada do momento é mandar aquele corte com o reflexo. Usado pela molecada os cortes com reflexo tem dividido opiniões nas redes sociais, existe quem ache foda e também quem não goste tanto assim. E você o que acha? Cola com o Portal KondZilla e deixe sua opinião.

O novo estilo vem ganhando cada vez mais forças com a molecada dos morros do Rio e consiste basicamente em um corte específico, podendo até ousar mandando aquele moicano ou quem sabe o blindado com aquela luzes puxadas remetendo ao reflexo. Mas tá ligado, reflexo de cria mesmo não tem erro, disfarçado, americano ou no asa delta.

Para entender melhor essa pegada, o cabeleireiro que é referência nas redes sociais com quase 30 mil seguidores, Caio de Souza, 23, de Duque de Caxias, vulgo Caio dos Corte. “O corte com reflexo já existia, mas era chamado de reflexo de bolinha”, explica o barbeiro.
“O corte com reflexo alinhado é bastante discriminado por ser mais usado por pessoas que moram em comunidades. Mas nem por isso desisti de fazer, continuei mandando o corte e graças a Deus hoje sou referência no reflexo alinhado”

Ele passou a visão e até nos ensinou o passo a passo do reflexo:

  1.  Analisar se o cabelo não tem pigmentação
  2. Igualar o cabelo no pente 4
  3. Pentear antes de colocar a touca
  4. Colocar a touca e ver se ficou justa, precisa saber colocar de forma correta para que saia um alinhado com sucesso
  5. É utilizado agulha de 1 mm, puxar sempre contra o fio do cabelo e pentear com escova de mão
  6. Depois de ter feito isso tudo, prepara o produto (não revelado) e aplique. Não pode deixar escorrer se não mancha o corte
  7. Colocar uma touca plástica descartável ou papel alumínio sobre o cabelo com produto. Depois colocar a touca térmica sobre a cabeça e deixa agir 7 a 10 minutos durante duas a três vezes até chegar ao resultado final, o reflexo.

A quebrada inovando no estilo

Cabeleireiro há 9 anos, Alef Santos de Andrade, 25 anos, morador do Morro do Borel, na Tijuca, deu o papo. “O reflexo surgiu nas comunidades mesmo”. Envolvido nas tendências do morro, o Barbeiro do Dj Gabriel do Borel tá ligado nas tendências da favela e ainda explicou. “A touca de fazer o reflexo é de fazer luzes em mulher, nós pegamos e aperfeiçoamos pra ficar no ponto de fazer em homem também”. A moda virou febre nos morros cariocas. “Nas comunidade todo mundo quer fazer, os moleque no morro pede muito, eles querem sempre disfarçado, corte americano ou o asa delta e quando joga o reflexo, já dá um baque no corte”.

As favelas têm marcado tendência quando se fala em cabelo na régua, a algum tempo atrás alastrou o vídeo do “jacarezinho-camaleão” nas redes sociais, o corte chamou atenção pelo seu arrepiado que muda de cor. Também tivemos o “blindado” aquele topetão colorido criado por Ariel Barbeiro, um ex presidiário que revolucionou sua vida através da barbearia.

E aí ficou com vontade de mandar aquele Corte Reflexo? Chama os caras nas redes e mande aquele alinhado na régua. Depois encaminhe sua foto para nós do Portal KondZIlla. É a favela ditando moda!

Acompanhe Caio dos Cortes no Instagram

Acompanhe Alef no Instagram

Assista também:

ASSINE A NEWSLETTER

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE DO NOVO PORTAL KONDZILLA!

O quê você
procura?