O corte degradê mudou a vida do barbeiro Allan Calixto

Autor: Wenderson França

Fotos por: Reprodução // Instagram

Comportamento | 17/06/2019 16:43:33

Anexo faltante

Falou em degradê vem aquele corte marcadinho que mais parece uma obra de arte feita em camadas de cor sim, cor não, executado pela mão de um deus da barbearia, não é mesmo?! Por isso nós do Portal KondZilla fomos trocar uma ideia com Allan Calixto, o 1º campeão mundial no corte degradê e diretor educacional da Barber Week, a maior feira de barbearia do Brasil. A profissão de barbeiro tem revolucionado a vida de milhares na periferia.

Desde 1998 no ramo da barbearia, Allan Calixto teve uma longa caminhada até chegar no cargo de ‘rei do degradê’, transformando sua vida e de sua família por completo. Inclusive, o barbeiro contou como iniciou no ramo. “O meu pai comprou uma maquininha no camelô pra cortar o cabelo em casa, com isso tive o meu primeiro contato [com os cortes]. Não tinha noção nenhuma, mas acabei gostando”. Assim que descobriu o que queria fazer, mesmo contra a vontade de seu pai, que sonhava em ver seu filho na universidade, Calixto decidiu que seguiria no ramo da barbearia e foi se aperfeiçoar. “Eu comecei ir atrás, fiz meu primeiro curso de 8 aulas lá em 1999. Isso abriu totalmente a minha visão, percebi que realmente gostava da parada”.

Perto dos 18 anos, Calixto viveu momentos de indecisões, enquanto a fase de alistamento obrigatório das forças armadas brasileira batia em sua porta, ele queria mesmo era seguir seu sonho. “Me alistei na aeronáutica e peguei 1 ano obrigatório, achei até que não cortaria cabelos. Mas depois que eu me formei fui chamado para trabalhar na barbearia do quartel”.

Saindo do quartel ainda muito novo, mas com uma bagagem grande no ramo, Calixto conseguiu comprar de seu chefe seu primeiro ponto de trabalho. O salão ficava próximo a Casa Verde Alta, na zona norte de São Paulo. Por lá, ele ficou aproximadamente 5 anos até chegar no Jardim Recanto, onde é sua atual barbearia, Studio Allan Calixto.

O Campeonato de degradê chegou em um momento de decisões

Em 2014, Calixto estava desanimado com a profissão de barbeiro e chegou até pensar em fazer outras coisas. “Eu passava por um momento muito difícil na minha vida pessoal. Trabalhava sempre desanimado, estava com dívidas, todo enrolado. Então pensei comigo ‘acho que essa profissão não é mais para mim não, vou fazer outra coisa'”.

Mas no mesmo ano, decidido mudar sua história e não ser mais só um barbeiro de quebrada, Calixto queria alcançar lugares inimagináveis. Foi quando pela rede social surgiu a oportunidade de participar de um campeonato de degradê na quadra da escola de samba Mangueira, no Rio de Janeiro. “Falei para mim mesmo, vou arriscar, se quero algo diferente na minha vida tenho que ir pra cima. Vou de carro, não conheço nado no Rio, banco as minhas despesas, mas eu vou atrás dos meus objetivos”.

Mesmo passando por diversas turbulência Calixto tinha agora uma semana para a preparação do campeonato. Com experiência na área, mas sem muita agilidade teria que encontrar meios para ser o mais rápidos no corte, pois teria 20 minutos pra fazer o degradê capaz de te trazer o título. O desafio estava realmente lançado!.”Nunca tinha cortado um cabelo em menos de 20 minutos. Peguei uma semana só pra praticar, eu tinha uma bagagem, tinha técnica, mas não tinha agilidade. Então busquei meios para fazer o corte mais rápido, mas o mínimo que eu consegui fazer foi em 25 minutos. Eu sabia que tinha potencial, então deixei nas mãos de Deus. Quando foi lá no dia cheguei bem focado, era mais de 50 participantes do Brasil todo. Eu consegui fazer o corte em 18 minutos e ainda risquei a barba. Quando temos um foco, um objetivo, uma determinação, nós conseguimos”.

A vida de Calixto mudou depois que ganhou o campeonato. O barbeiro desmotivado, agora tinha pessoas que o admirava e buscava pelo seu trabalho. Ele decidiu então ministrar cursos e workshops pelo Brasil. Sendo um dos pioneiros no ramo educacional da barbearia, chegou até às emissoras de televisão como jurado do primeiro reality show de barbeiros do país o “The Best Barber Brasil”. Referência para muitos, Calixto foi parar em Cancún, no México, onde participou de outro campeonato ficando com o 4º lugar no pódio. Além disso, como educador Calixto ainda chegou em países como Argentina e Paraguai.

Desde 1999 no ramo da barbearia, Allam passou por poucas e boas, mas sempre seguiu acreditando até conquistar todo o reconhecimento que tem em sua carreira. Por isso, ele se orgulha em poder ajudar outras pessoas a alcançarem seus objetivos dentro do ramo. “Sou espelho para muitas pessoas, a maneira que eu encontrei para contribuir com essas elas é levando o meu conhecimento nos meus cursos, workshops e lives no meu Facebook, Instagram. Mostro para as pessoas que elas podem chegar no lugar que eu cheguei ou até em um patamar maior, só depende delas. Coloca Deus em primeiro lugar, o resto é só ir pra cima, procurar traçar sua história, conquistar seu espaço com humildade e simplicidade que as coisas acontecem”, conclui o barbeiro.

Acompanhe Allan Calixto pelas redes sociais: Instagram // Facebook

Leia também:
O ‘Jacarézinho-Camaleão’ é a evolução dos cortes de quebrada
Cortes chavosos saem das quebradas de São Paulo e invadem o mundo

ASSINE A NEWSLETTER

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE DO NOVO PORTAL KONDZILLA!

O quê você
procura?