A caminhada do MC M10 até o lançamento de "Sentou e Gostou"

Autor: Wenderson França

Fotos por: Léo Caldas // Portal KondZilla

Entrevista | 26/06/2019 12:47:57

Anexo faltante

Falamos do lançamento de “Sentou e Gostou”, uma versão funk de “Old Town Road”, com MC Jottapê, M10 e DJ RD. Mas você sabe quem é o MC M10? Matheus Santos tem 24 anos e é morador das quebradas de Santo André. O funkeiro tem como marca uma voz grossa, ótima para compor os refrões dos funks. Além disso, ele é ainda um dos poucos artistas que passeia em várias vertentes do funk como: romântico, bregafunk e até mesmo o 150 BPM. Para entender a caminhada deste novo MC, o Portal KondZilla trocou uma ideia com ele e contou um pouco da sua história.

Na favela não se tem muito o que fazer, por isso os jovens se pegam na maioria do tempo ocioso. No caso de MC M10, isso somou para que ele se apaixonasse pelo funk e decidisse o que realmente queria fazer da vida. “Comecei a cantar em 2009, mas não levava tão a sério ainda. Era mais como um passatempo mesmo, ficava tirando uma onda com os meus amigos nas rimas. Quando foi mais ou menos 2013, lancei uma música que deu uma andada na quebrada, aí eu fui cantar em um baile quando puxei geral cantou, depois disso tive certeza que o funk é o que queria pra mim”.

Mesmo com um tempo na correria do funk e vindo de família pobre, o MC não tinha muitos recursos para realizar suas gravações e lançamentos. Sua mãe trabalhando como empregada doméstica era quem fortalecia com um dinheiro ou outro para ele conseguir investir em seus sonhos. “Eu não tinha escritório, toda vez que queria lançar uma música era minha mãe quem me ajudava com R$ 300 ou R$ 500. Mas eu não pedia, sempre fui pro meu corre, vendia rifa, vendia umas camisetas, depois ela chegava com uma grana pra completa e falava ‘Toma Matheus, posta a música que confio'”.

Quando não se tem muito, é preciso encontrar formas para sobreviver e ainda conciliar a correria do dia dia com os nossos sonhos. MC M10 trabalha hoje somente com a música, mas como qualquer outro brasileiro vindo das favelas e tendo uma filha para criar (como no caso do artista), precisa sair para trabalhar e buscar maneiras de sobreviver. Para o jovem cantor não foi diferente. “Fui vendedor de calçados, trabalhei nas Lojas Pernambucanas, fui corretor de imóveis, vendi café no Brás, cheguei até vender bala nos trens da CPTM. Tudo isso pelo meu sonho. Eu arrumava um jeito de ganhar dinheiro, mas não largava o meu corre no funk”.

M10 é um dos poucos artistas que costuma trabalhar em várias roupagens do funk sendo totalmente versátil. Em suas produções, o garoto já trabalhou com funk romântico em “Fechamento“, brega funk em “O Qualidade“, ousadia em “Comendo Geral” em parceria com MC Lil Beat e até mesmo no funk 150BPM em “Fica a Dica“. “Eu canto funk. Desde sempre me cobrei não ficar preso só em um estilo. Quero ser visto pela arte que faço”. O MC contou ainda um segredo engraçado sobre suas composições: “A maioria das minhas músicas faço em baixo do chuveiro, todas praticamente”.

Ser um dos MCs agenciado pela KondZilla Records e até mesmo a vitória do primeiro milhão em vizualizações da sua carreira. “Isso aí é a prova de que quem acredita sempre alcança. O impossível é questão de opinião. Eu já ouvi muitos não, já fui fazer baile a pé, já pedi pra cantar e os cara me deixar esperando e no final não acontecer a oportunidade”.

Quem nunca sonhou em ser um jogador de futebol? mesmo passando por alguns times de futebol o funkeiro conta que os seus sonhos hoje são outros na música e também fora dela diz. “Eu quero ajudar a minha mãe, cuidar da minha filha, pagar uma escola boa para ela ter o conhecimento. Não sonho com luxo, quero só o melhor para a minha família”. Já dentro da música os sonhos são: “Vamos estourar pelo menos mais umas 5 músicas, rodar o Brasil, tocar em todos os lugares possíveis. To me preparando pra vim e se manter, ter um plano de carreira”.

Sobre futuros lançamentos M10, disse que vem mais uma produção o DJ dos hits, RD. A música ainda é um segredo, mas revelou que trata-se de uma história baseada em fatos reais. Sendo assim, não deixe de acompanhar um dos mais novos artistas da KondZilla.

Acompanhe MC M10 nas redes sociais: Instagram // Facebook

Leia também:

MC Jottapê, MC M10 e DJ RD são os cowboys do mandelão
Aos 17 anos, o MC Jottapê tem talento de gente grande
Um papo sobre música e carreira com o DJ RD

ASSINE A NEWSLETTER

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE DO NOVO PORTAL KONDZILLA!

O quê você
procura?