‘Gale’ é a união de periferias globais na mesma música

Making Of 12/03/2019

Todas as fotos por: Felipe Max // Portal KondZilla

Gostamos de sempre trazer novidades para vocês e essa é mais uma de brilhar os olhos. O coletivo internacional The UpRise convocou o MC Brankim, um cara das antigas do funk paulistano, para quebrar as barreiras do idioma e lançar o single de estreia do coletivo no Brasil e no mundo. Chega mais que o Portal KondZilla te conta tudo sobre esse parceria.

Pra entender melhor a parada, vou começar te explicando o que é o coletivo The UpRise. A formação é composta por artistas e produtores que tem como missão usar a linguagem universal da música para se conectarem com pessoas com a mesma visão em todos os continentes, através de um caminho: a música. A galera do coletivo tem a visão de que unir culturas e capacitar pessoas de fora com uma voz pode ser o começo de uma mudança social positiva.


Já o MC Brankim é peça importante no funk paulista, com diversos trabalhos como “Os Fabulosos“, com o MC Rodolfinho, “Vai no Aquecimento” com o Mítico DJ, e “Culpa é da Cachaça“, com a Dani Russo. Com este lançamento, o cantor avança mais um passo na carreira. “A sensação é incrível, do fundo meu coração, nunca imaginei que iria gravar uma música com algum artista internacional. Mais um sonho realizado”, comenta o MC.

A temática do som é sobre superação e vencer na vida. “Venho das favelas. O que você sabe sobre ter que se virar pra comer e tomar conta da mãe?”, relembra Brankim sobre sua trajetória. Isso representa muito bem essa parada, pelo questionamento que o artista faz em relação a desigualdade social. A música foi produzida pelo coletivo que fez questão de incorporar as influências dos artistas que compõe o grupo, trazendo uma influência global pro som.



Lucas Romor, de boné vinho, e a produção da KondZilla Filmes

A direção do videoclipe ficou na responsa de Lucas Romor, diretor de videoclipes da KondZilla Filmes. A locação escolhida para ambientar o videoclipe foi a comunidade Paraisópolis, segunda maior favela de São Paulo e palco de um dos principais bailes de rua da capital, o fluxo da DZ7.


A música segue como uma ponte para unir diversas culturas. O lançamento “Gale” é um grande exemplo disso misturando línguas e culturas diferentes. Acha difícil? Brankim não. “Não teve nenhum bloqueio por conta do idioma, pelo contrário, foi tudo tranquilo. Fizemos uma amizade maravilhosa. Mó satisfação conhecer pessoas novas, ainda mais de outro país, de outra cultura”.


E pra deixar o gostinho de curiosidade, fiquem ligados nas redes sociais do KondZilla e do coletivo The UpRise que em breve teremos mais novidades com essa bela parceria entre o maior canal de música da América Latina e o coletivo que com a música quer uma mudança social para todo mundo.

Aproveite para seguir os artistas pelas redes:

MC Brankin
Facebook // Instagram

Coletivo The UpRise
Facebook // Instagram

Comentários