Sem categoria

Veja os tipos de máscaras de proteção

05.05.2020 | Por: Redação

Desde que a pandemia do coronavírus chegou no Brasil, ficou comum a gente ver pessoas na rua com máscaras. No começo, a recomendação do uso era apenas para casos confirmados da covid-19. Com o passar do tempo, o Ministério da Saúde passou a recomendar para toda a população, inclusive, em São Paulo será obrigatório o uso de máscaras das pessoas que circulam nas ruas. Listamos pra você alguns tipos de máscaras para você entender as diferenças e se sentir seguro ao usá-las.

As máscaras têm como principal função proteger o usuário que usa para não entrar em contato com gotículas externas que possam conter o vírus e também evitar de enviar gotículas para o próximo. É importante destacar que as gotículas podem entrar em contato com boca, nariz e também pelos olhos. Por isso é muito importante ficar atento a pessoas que espirram perto de você e, também, evitar de esfregar o rosto com as mãos quando estiver em um ambiente público.

Quanto às máscaras, existem dos mais variados tipos. É importante você entender qual modelo você está usando e quais os cuidados necessários com ela.


Máscara cirúrgica simples encontrada em farmácias

Máscara cirúrgica

Essa é a máscara utilizada em hospitais. Ela é feita de um tecido que consegue bloquear a transmissão de gotículas do profissional com o paciente. Ela costuma ter uma durabilidade de até 2 horas, depois disso ela pode perder o poder de eficácia por estar úmida (a respiração expele líquidos e isso vai umedecendo o material). Quando chegar neste ponto, o material deve ser descartado de forma correta, para não contaminar outras pessoas.


Máscara respiratória com filtro

Máscaras N95

Essa máscara é utilizada na construção civil. Com uma malha bem resiste, ela não permite que gotículas, nem outros materiais, entrem em contato com a pessoa. É considerada uma das mais eficazes para proteger quanto ao vírus e segundo a ANVISA é recomendada para profissionais da saúde neste momento de crise, principalmente por trabalharem num ambiente com maior probabilidade de contaminação. Desta forma, evite comprar esses materiais para ter uma maior oferta para quem mais precisa neste momento.


Máscara caseira feita com material mais resistente

Por ser utilizada na construção, ela possui diversas níveis de espessura da malha, chamados FFP (Filtering Face Pieces, ou Peças Faciais Filtrantes, em tradução livre). Para vírus e bactérias o FFP3 é a ideal.


Máscara caseira feita em algodão

Máscaras Caseiras

Essa é uma das mais populares no momento, até porque, poucas pessoas se preocupavam de sair com máscaras na rua. Essas máscaras tem sua eficácia comprovada, o que precisa de atenção é: fazer com que a máscara protege a boca, nariz e queixo; estar bem fixa no rosto e usar material com bastante linha – como o algodão, por exemplo. Tecidos mais leves como TNT precisam de um reforço, como uma folha do filtro de café.


Máscara caseira feita em algodão

O uso pode ser diário, desde que se lave após o uso com detergente ou água sanitária (a proporção é de 1 medida para 40 de água).

Um reforço para as máscaras caseiras, são para usar um filtro interno que ajuda na proteção. Como dissemos no começo do texto, quanto mais seguro for sua máscara, menor o risco de você passar gotículas para outras pessoas e receber de fora. Caso tenha que sair para a rua, é importante estar protegido.

Assista também

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA