Conte aqui sua historia

“Sou tipo o Julius, tenho três empregos”, diz MC Costa da 15

28.08.2020 | Por: Da Redação

Sexta-feira já sabe, né? Tem Conte Aqui Sua História e quem aparece por aqui hoje é o MC Costa da 15, que brota no Portal KondZilla pra contar sobre a história dele, como começou no funk, sobre o passado e como se tornou uma pessoa mais positiva. Se liga.

“Olá, obrigado pela oportunidade de estar participando desse legado que vocês construíram, meu nome é Taylor, vulgo MC Costa da 15. Entrei nos trabalhos do funk há mais ou menos 2 anos, nasci na cidade de Uberlândia, Minas Gerais. Já tenho 22 anos e trabalho desde os 14 anos. Sou tipo o Julius, tenho três empregos, sou motoboy e amo essa profissão (Costa da 15 também é MC e Youtuber).

Por onde passo, todas as empresas sempre querem contratar meu serviço novamente, a chave pra isso? Viver de bem com a vida, ter ótimos pensamentos, paciência, e é claro, trabalhar em prol dos seus sonhos de alma que dará tudo certo. Após um bom tempo, com muito esforço conseguimos gravar um som, que chama “De Segunda a Segunda“. 

Minha primeira relação com o funk vem desde muito atrás. Quando eu tava na sétima série, comecei a rimar na sala nas horas vagas e no recreio. Algumas pessoas achavam que a gente era louco. Eu ligava muito pra opinião das pessoas. Quando terminei o terceiro ano, não sabia mais o que fazer e fiquei sem rumo. 

Tentei três vezes passar no Enem, fiz curso técnico e as pessoas mais velhas sempre diziam que viam algo em mim. Passei a acreditar mais nos meus sonhos, até que um dia, trampando como motoboy, comecei a escrever uma música em cima da moto relatando minha vivência.

Eu tenho a missão de ajudar as pessoas que estão passando por um momento sombrio, a depressão. Já passei por lá e vi que não era impossível de sair. Hoje tento o máximo ajudar os outros através de minhas letras. 

De uns anos pra cá, comecei a estudar física quântica e após muitos estudos, aprendi que devemos domar nossa mente. Estou falando de atrair o que você deseja só com o pensamento positivo. Já consegui comprar um relógio da Oakley que custa mais de R$ 3 mil por R$ 450, e assim vai.

Tenho até um canal no YouTube já com alguns conteúdos sobre positividade. É uma honra poder ajudar a todos a saber sobre esse assunto. Se todos fossem mais positivos, o mundo seria mais feliz. Essa é a minha missão de vida e vou até o fim passar isso para o maior número de pessoas. Se eu consegui, qualquer um consegue!”

Se identificou com a história dele? Manda a sua pra gente no e-mail conteaquisuahistoria@kondzilla.com e não se esqueça de nos mandar suas fotos, telefone e redes sociais. 

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA