Arte e Cultura

‘Medida Provisória’, de Lázaro Ramos, é o vencedor do 26º Inffinito Film Festival, em Miami

20.09.2022 | Por: Karine Ferreira

O Inffinito Film Festival, maior e mais importante festival de cinema brasileiro realizado no exterior, encerrou ontem, em Miami, a etapa presencial de sua 26ª edição e anunciou os filmes vencedores do Troféu Lente de Cristal. O filme Medida Provisória, dirigido por Lázaro Ramos, ganhou nas categorias Melhor Filme, Melhor Roteiro e Melhor Ator Coadjuvante, com Seu Jorge. 

'Medida Provisória', de Lázaro Ramos, é o vencedor do 26º Inffinito Film Festival, em Miami
Seu Jorge ganhou o Troféu Lente de Cristal de Melhor Ator Coadjuvante, por Medida Provisória
Foto: Divulgação

A cerimônia de encerramento, que teve show de Adriana Calcanhotto no Miami Beach Bandshell, contou com a presença de diretores, atores e produtores, entre eles os atores Eduardo Moscovis, Suzana Pires e Bárbara Paz, os diretores Laís Bodanzky, Denise Saraceni, Lô Politti, Joel Zito Araújo e Gustavo Rosa, e os produtores Debora Ivanov, Tiago Rezende e Carlos Moletta. Os convidados do festival passaram a semana em Miami divulgando seus filmes e fazendo negócios com profissionais da indústria cinematográfica americana e latina.

De 11 a 17 de setembro, a Mostra Competitiva de Longas-Metragens exibiu no cinema Tower Theater Miami oito longas-metragens da recente safra de filmes brasileiros, que concorreram ao Troféu Lente de Cristal. O júri, formado por profissionais da indústria audiovisual norte-americana, latina e brasileira, reuniu o cineasta cubano Sebastian Barriuso, a roteirista brasileira Julia Priolli, a distribuidora independente americana Joanne Butcher, o diretor brasileiro Joel Zito Araújo, a atriz e roteirista brasileira Suzana Pires, o cineasta americano John Maass e a produtora brasileira Liliana Kawase.

Vencedores do Troféu Lente de Cristal

JÚRI OFICIAL

Melhor Filme – Medida Provisória, de Lázaro Ramos

Melhor Direção – Laís Bodanzky, por A Viagem de Pedro

Melhor Fotografia – Pedro Marques, por A Viagem de Pedro

Melhor Roteiro – Lusa Silvestre, Lázaro Ramos, Aldri Anuncioação & Elisio Lopes Junior, por Medida Provisória

Melhor Ator – Rômulo Braga por Sol (de Lô Politi)

Melhor Atriz – Monique Alfradique por Bem-vinda a Quixeramobim (de Halder Gomes)

Melhor Ator Coadjuvante – Seu Jorge, por Medida Provisória

Melhor Atriz Coadjuvante – Carolina Monte Rosa, por Por que Você Não Chora?, de Cibele Amaral

Melhor Elenco – Ela e Eu, de Gustavo Rosa de Moura

JÚRI POPULAR

Melhor Filme – Bem-vinda a Quixeramobim, de Halder Gomes

Melhor Documentário – Já Que Ninguém me Tira Pra Dançar, de Ana Maria Magalhães

Melhor Curta-Metragem – Ato, de Bárbara Paz, e Liberdade, de João Manteufel

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA