Política

Maior geração de jovens da história quer Política para mudar seu futuro

01.09.2022 | Por: Glória Maria do Instituto KondZilla
PIRILILILI: quando a urna eletrônica vira funk

Número de jovens eleitores bate recorde e visa mudar o rumo político

“O voto é um mecanismo de mudança, mas para que seja efetivo, existe todo um processo de participação que vem sendo negado à juventude”, dispara Ana Rosa, 25.

Ana é pedagoga e diretora do Engajamundo, organização com foco na juventude, que, juntamente com a Nossas, atuou nessa frente de incentivo ao primeiro voto como um pontapé para dialogar com adolescentes sobre as eleições.

Essas e outras iniciativas protagonizadas por jovens de diferentes organizações trouxeram um resultado histórico para as eleições de 2022 no Brasil: o impacto de 2.042.817 novos eleitores entre 16 a 18 anos de idade, de acordo com TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O Brasil tem hoje sua maior geração jovem de sua história, com cerca de 50 milhões de pessoas.

Neste mesmo contexto de fortalecer o protagonismo juvenil na política e garantir seus direitos, o Atlas das Juventudes, a maior plataforma de dados sobre os jovens no Brasil, lançou na semana passada o Juventudes do Agora, um guia para tirar o Plano Nacional de Juventude do papel e fazer história no Brasil. Trata-se de um passo a passo feito por jovens sobre o que é preciso levar em conta para votar em candidatos comprometidos com políticas públicas para essa população.

“Queremos chegar a 100 mil assinaturas até setembro deste ano, nossa intenção é mobilizar tanto os jovens, quanto empresas, candidatos, partidos políticos e a sociedade civil para pressionar pela garantia dos direitos dos jovens no País”, explica Wesla Monteiro, coordenadora executiva do Juventudes do Agora.

O lançamento do Juventudes aconteceu no dia 17 de agosto no Centro Cultural São Paulo, na capital paulista, e contou com a presença de mais de 200 jovens lideranças. Ao final do evento, MC Soffia subiu ao palco e deu o seu recado: “Eu quero ter o direito de sair e chegar na minha casa com um bom sistema de transporte, com segurança, sendo mulher, sendo preta, sendo jovem. Quero uma
escola onde eu possa aprender sobre a cultura afro, que é a lei 10.639, então para isso, a gente tem de participar da política e votar com consciência”
, disse a cantora, antes de mandar “Voto é Atitude”, música de sua autoria em parceria com o Instituto KondZilla.

O Juventudes do Agora só foi possível graças à junção de esforços de organizações, pessoas comuns, artistas e inclusive da KondZilla, um fenômeno extraordinário que tem feito com que os jovens se sintam pertencentes à essa luta.

Em breve, conteúdos produzidos com influenciadores em parceria com o Instituto KondZilla serão lançados nas redes do Atlas das Juventudes e demais parceiros para seguir estimulando os jovens a fazerem parte do processo democrático.

E aí quebrada, já pesquisou quem vai te representar nessas eleições?! É uma responsa e tanto, hein? Procure um candidato, candidata/ e ou candidate que represente suas lutas, ainda dá tempo! E lembra de acessar o site, assinar para fortalecer a proposta e ver os principais compromissos que eles/elas devem ter com a gente: www.juventudesdoagora.com.br

Lembrando que o primeiro turno das eleições – para deputado/a estadual, deputado/a federal, senador/a, governador/a e presidente/a dia de votar é dia 02 de outubro! Para votar é preciso levar o RG e o título de eleitor.

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA