Lexa é a nova rainha de bateria da Unidos da Tijuca

Autor: Gabriela Ferreira

Fotos por: Reprodução // Instagram

Notícias | 23/08/2019 16:12:20

Anexo faltante

A Lexa tá toda toda esse ano, né? Cheia de hits, novo contrato com a KondZilla Records e agora mais uma novidade: a cantora, que é carioca, vai ser rainha de bateria da Unidos da Tijuca no carnaval 2020!

View this post on Instagram

Que alegriaaaaaa! Meu Deus, se eu olhasse pra trás e visse aquela menina de 11 anos tocando tamborim no barracão, sentadinha enquanto eu via minha mãe falando com as costureiras, vendo as montagens dos carros, componentes da velha guarda e baianas ajudando no meio daquela correria! Quem vive o samba, ama de corpo e alma. Eu nunca tive uma relação de interesse com o samba, eu sempre defini o samba como minha melhor válvula de alegria. Fui Rainha da Bateria do Grupo de Acesso A por dois anos, musa… quando criança desfilei na ala das crianças em diversas escolas e sempre tive no meu coração o samba. MUITO OBRIGADA meu presidente Fernando Horta pelo convite , comunidade, nosso carnavalesco @paulobarros62 , minha bateria @puracadenciatjk_oficial , meu mestre @mestrecasagrande40 , peço licença com muita humildade a toda Velha guarda e amadas Baianas. Com muito carinho, sou a nova Rainha de bateria da @gresutijuca “METADE DO MEU CORAÇÃO É TIJUCA, E A OUTRA METADE TIJUCA TAMBÉM 💙💛”

A post shared by Lexa (@lexa) on

A relação da cantora com o carnaval vai muito além da música “Só Depois do Carnaval“. A carioca contou nos stories que desde pequena desfila em várias escolas de samba acompanhando a mãe. No último carnaval ela foi rainha da Unidos de Bangu e agora deixa o trono para a mãe, Darlin Ferrattry. No mesmo ano, só que em São Paulo, ela também desfilou pela Mocidade Alegre.

Na Unidos da Tijuca, a Lexa se torna a primeira cantora a ocupar o trono de rainha de bateria. “Admiro muito a Unidos por causa da história deles de apoio a comunidade LGTBI, a história do morro do Borel e as outras comunidades ao redor”, comentou ela nos stories.

“Me sinto lisonjeada! Feliz de coração mesmo. Há 3 anos venho me dedicando na Avenida, mas meu relacionamento com o samba vem desde a infância quando eu tocava tamborim com apenas 11 anos. Hoje ser rainha da bateria Pura Cadência tão respeitada, tradicional e amada é um grande sonho realizado”, contou a agora rainha em entrevista.

Em 2020, o samba enredo da escola vai ser o “Onde Moram os Sonhos”, sobre arquitetura e urbanismo.

Acompanhe a Lexa nas redes sociais: Instagram // Facebook 

Leia mais:

Lançando hit atrás de hit, a Lexa tá botando pra ferver
A sapequinha tá na casa: a Lexa agora é KondZilla Records

O quê você
procura?