Lançando hit atrás de hit, a Lexa tá botando pra ferver

Autor: Gabriela Ferreira

Fotos por: Léo Caldas // Portal KondZilla

Musica | 28/05/2019 10:00:29

Anexo faltante

Gravando com a KondZilla, a Lexa se sente em casa. Ao lado de Dani Russo, Lexa se prepara pra lançar a nova música “Na Frente do Paredão”. Se você é ruim com nomes, e não lembra quem é a Lexa, se liga. Ela é a mente por trás de “Sapequinha” e “Só Depois do Carnaval“, dois dos grandes hits do verão 2019. Entre uma cena e outra do videoclipe com a Dani, a carioca aproveitou pra conversar um pouquinho com o Portal KondZilla sobre sua trajetória e o bom momento da carreira.

Dani e Lexa durante a gravação do videoclipe

“Aqui eu to em casa. Eu amo o [diretor] Tico, ele é minha alma gêmea de amizade e foi o primeiro amigo do meu marido [MC Guimê], que virou meu melhor amigo. O Kond eu também amo como pessoa e como profissional. Os dois foram meus padrinhos de casamento”, conta Lexa. “Estou muito feliz com esse lançamento porque eles [Tico e Kond] respeitam e acreditam no meu trabalho. Quando as coisas casam desse jeito, dá tudo certo”.

Hoje com 24 anos, Lexa nasceu e foi criada no Rio de Janeiro. Dá pra ver bem nas músicas o quanto o Rio é importante e influente pra ela, tanto que, principalmente em “Sapequinha“, a cantora adora fazer essa mistura entre o som de São Paulo e o da sua cidade natal.

Foto de divulgação do single ‘Só Depois do Carnaval’

Nascida Léa Cristina Araújo da Fonseca, ela ganhou o apelido de Lexa por conta do amor da mãe pela Xuxa. A carioca nasceu dentro de uma família em que a mãe é produtora musical e o padrasto, músico, ou seja, seguir na música foi quase que natural pra ela. Em 2014, aos 19 anos, a cantora lançou seu primeiro single, “Posso Ser“, que fazia parte de um EP de mesmo nome. Depois disso, ela lançou um álbum completo, “Disponível“, em 2015, que conta com a música “Pior Que Sinto Falta“. Aos poucos, a cantora foi lançando outros singles até que em 2018, com “Sapequinha“, que a carreira de Lexa deslanchou de vez.


Lexa e Kekel na gravação de ‘Amor Bandido’ // Reprodução 

“Acredito que tudo tem seu momento, e as coisas acontecem porque tem que acontecer. ‘Sapequinha’ tem uma coreografia boa, uma letra chiclete e uma boa parceria [com o MC Lan]”, comenta ela sobre o som. “Eu trabalhei demais pra ela acontecer, pedi muito favor, e vish”, relembra. “Deu muito certo e desde então não deixei a qualidade do meu trabalho cair porque essa é uma preocupação muito séria que eu tenho”.

E quando a Lexa diz que a coreografia da “Sapequinha” é boa, é porque é mesmo. A cantora lançou um vídeo ensinando os passos da música um mês antes do videoclipe oficial ser lançado, e o vídeo com a coreografia já passa das 142 milhões de visualizações, enquanto o videoclipe bate os 15 milhões.

Em suas redes sociais, a cantora sempre fala sobre seus corres, responsabilidades e o mercado musical, e com toda essa experiência, Lexa acredita que o funk tá melhorando muito nesses aspectos. “O funk tá cada vez com mais qualidade, mais compromisso com a entrega e com os planejamentos”.

E por falar em planejar, Lexa faz isso muito bem. No começo desse ano, ela lançou o EP “Só Depois do Carnaval“, com a faixa que leva o nome do disco, “Sapequinha“, com o MC Lan, e “Provocar“, dueto com a Gloria Groove. Uma das coisas mais legais é que todas as três canções conversam entre si, uma citando a outra, como se fosse uma trilogia. Dessas três, a última a ser lançada foi “Só Depois do Carnaval”, em que a cantora fala que namorar sério é só depois do carnaval. Depois dessa, Lexa se juntou com MC Kekel para o dueto romântico “Amor Bandido“, em que conta a história do casal que passou o carnaval separado, mas decidiu tentar de novo.

Entre as várias parcerias que já fez, a hitmaker adianta que vem mais por aí. “Vou lançar uns projetos mais concretos, tipo um EP pra passar uma identidade maior, ainda tem muita coisa, mas sempre sem abandonar o funk e o pop”, relata. “Mas o mais legal de trabalhar com música, principalmente com o funk e o pop, é poder diversificar. Cada hora eu to com um estilo diferente. Trabalhar com música é isso, ser vários personagens. Eu amo isso”.

Quem acompanha a Lexa nas redes sociais, já deve ter percebido que a vida dela é bem corrida. São vários shows por semana, às vezes dois por dia, sem falar nas diversas reuniões, gravações e por aí vai. “Eu canalizo muito as minhas energias, sabe? Gosto de ficar perto das pessoas que eu gosto, ir na igreja ou encher a cara”, conta rindo sobre como consegue manter a cabeça no lugar tendo uma rotina tão doida.

Se o dia a dia da Lexa agora é cheio, é por causa de muita persistência. Em diversas ocasiões ela contou em suas redes sociais sobre todos os “nãos” que já recebeu nesses cinco anos de carreira, sobre tudo que passou até chegar onde está. Pra quem tá passando por esse momento, ela passa a visão: “Tem que acreditar muito e estar certo do que você faz”, indica ela. “Tem muita gente que tá confiante, mas deixa o ego subir, aí nada anda também. Tem que ter muita humildade, consciência, qualidade, tem que guardar o dinheiro pra investir na carreira e sempre tentar o melhor, não ter medo de reinventar e sair da mesmice”.

Acompanhe a Lexa pelas redes sociais: Instagram // Facebook

ASSINE A NEWSLETTER

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE DO NOVO PORTAL KONDZILLA!

O quê você
procura?