“Alvará”, de MC Rhamon e MC Lipi, retrata as vivências da quebrada
Créditos: Felipe Max // Portal KondZilla
- Por Wenderson França

“Alvará”, de MC Rhamon e MC Lipi, retrata as vivências da quebrada

MC Rhamon e MC Lipi lançaram nesta quinta-feira, 23 de abril, o videoclipe do som “Alvará”, no maior canal de música do Brasil. Passando a visão das favelas, a música relata as saudades da pureza dos tempos de criança e mostra ainda o quanto o tráfico prejudica a vida dos jovens das quebradas que acabam caindo na vida errada. Dando o papo reto, pedindo por mais pureza, igualdade e progresso, ambos os artistas vem se destacando no funk consciente nos últimos tempos. Pega a visão de mais esse lançamento com o Portal KondZilla.

Gravado pelos lados de Osasco, onde MC Rhamon é nascido e criado o videoclipe teve direção por Felipe Schimdt, que veio com uma pegada bem rua nas imagens em nas cenas rotineiras das quebradas como: bolinha de gude, jogando pião, empinando pipa e jogando bola no campo. A virada de chave do filme mostra MC Lipi anos depois dentro de uma cela por perder a pureza e cair na vida errada.

\

A parte da produção musical ficou com DJ RD produtor de grandes hits dos artista da KondZilla Records entre eles: “A EntregaMC Alê e MC Rodolfinho (85 milhões no Youtube), “Aonde Nós Chegou“, MC Menor MR e MC Dede (80 mi) e entre outros.

Compositor de “Alvará”, MC Rhamon disse que convidou MC Lipi por ser fã do cara. “Foi gratificante gravar esse som com o Lipi, sou fã de coração”. Rhamon seguiu explicando que o objetivo do som é passar a visão do certo e do errado para a molecada da favela não se jogar na vida errada. “É uma música que conscientiza a rapaziada de periferia, que por falta de uma instrução, acaba se jogando na vida errada atrás da melhora sem saber que na verdade só acaba causando um desgosto pra família”.

Ser exemplo para os quebradas não tem preço e o funk veio pra mudar a vida de vários deles. “Ser reconhecido e poder passar a visão é sem igual. Mostrar uma direção através da uma palavra, pode mudar muita coisa na realidade dos meninos da favela. Querendo ou não onde vamos os moleque gosta de nós, a criançada gosta de nós, se identifica com as nossas músicas, então somos referências”, comenta Rhamon. Olhar para o lugar de origem faz os objetivos se concretizarem. “Juntos vamos além e a nossa vida próspera, né? Fico muito feliz de saber que posso ajudar a molecada”.

Realizado pelo lançamento que, segundo MC Rhamon, o fã clube estava pedindo há bastante tempo para ele, as expectativas são das melhores. “O que eu esperava mesmo já está concretizado que era soltar o trabalho. Mas agora o que eu quero é que a rapaziada goste, que toque nas favelas, toque também o coração da galera e o resto é consequência”. Essa é a conexão MC Rhamon e MC Lipi!

Você é fã do funk consciente? Então pega a visão com a nova geração e fique ligado em tudo o que está rolando. Inclusive, apresentamos 13 apostas do funk consciente para o ano de 2020. Pega a receita.

Acompanhe o MC Rhamon no Instagram
Acompanhe o MC Lipi no Instagram

Veja também:

Tags relacionadas:

Funk Consciente

Histórias que inspiram

Matérias