13 apostas do funk consciente para você acompanhar em 2020

Autor: Wenderson França

Fotos por: Arte // KondZilla

Funk Consciente | 01/04/2020 10:00:56

Dentro do funk existem diversas frentes que trabalham estilo uma gangorra no gosto do público sempre em alta e baixa, o que de certa forma é normal já que vivemos a geração internet onde as pessoas tem fácil acesso a quase tudo e milhares de músicas são lançadas todos os dia. Dentro desse cenário existe o funk consciente, cantado com o coração de quebrada pra quebrada, o gênero resiste ao longo dos anos e relata várias fitas do cotidiano na favela. Se despedindo do primeiro trimestre de 2020 te apresentaremos algumas das promessas desse ano. Cola com o Portal KondZilla e pega a visão.

MC Lipi

Se você é morador de favela, provavelmente já ouviu a letra ‘E o barulho do robozão é o despertador da favela‘ tocando nos últimos 3 meses. Estourado na cena, o funk é do Luis Felipe Lopes, 19 anos, vulgo MC Lipi. Diretamente da zona leste, além de “Despertador da Favela” o funkeiro está se destacando com outros sucessos como: “Labirinto da Favela“, “A Cara do Enquadro“, “Vale Ouro” e “Motoloka“. Sem dúvidas é um dos maiores nomes que vocês vão ouvir bastante falar em 2020.

MC Paulin da Capital

Peita ou respeita, esse é o lema do MC Paulin da Capital. O funkeiro também da zona leste paulistana tá vindo com tudo desde o lançamento do som “VT Tá na Bota“, que com a KondZilla, já passa das 11 milhões de visualizações no YouTube. Logo em seguida o MC voltou com outra pedrada: “Giro Loko” (5,8 mi) e agora vem emplacando uma atrás da outra como: “Mandrake Chavoso“, “Quintal dos Robôs“, “Tiger Triumph” e “Eu Achei“. São tantos sucessos que chega nem caber tudo aqui. Pode procurar que ainda tem mais.

MC Digo STC

Cantor e compositor MC Digo STC vem performando nas plataformas digitais nos últimos meses com sons que tomaram as favelas e ficou conhecido pela música “Respeita Nois”, que tem mais de 40 milhões de visualizações no Youtube. Vindo das quebradas de Santo André, o artista está estourado e acumula muitos outros sons de sucessos como: “Chute o Balde”, “Bye Bye Sofrimento”, “Levada Mala”, “Pé na Porta” e “Olha Esses Robôs“. Como diz ele mesmo é um maloka poeta.

MC DR

Richardson Freire, vulgo MC DR, 22 anos, vem das quebradas da zona sul de São Paulo. Compositor da música “O Nome Dela é Tenera“, com o veterano MC Dede, o artista ainda é caneta de sons como “Só Fuga”, cantada por MC Rhamon, e no que corresponde a seus sucessos solo ele vem com “Apaixonado nas Marcha” e “Cemitério de Nave“. DR ainda participou da “Gangue do Consciente”, projeto do DJ Bueno que conta com MC’s de peso do funk consciente.

MC Neguinho da BRC

Desde 2012 envolvido no cenário do funk paulista, David Caetano, 24 anos, mais conhecido como MC Neguin da BRC, vulgo que faz alusão a sua quebrada Barroca City – Osasco, também virou a chave de sua carreira com a música “Respeita Nois”, que acumula mais de 40 milhões no YouTube. Além disso, o artista ainda carrega outros números de grande expressão com sons como: “Respostas Pros Recalcados“, “Aprendizado”, “Vai Falar Que Foi Sorte” e “Bailão de Favela“.

MC PLK

Com 25 anos, Carlos Rodrigues de Almeida, mais conhecido como MC PLK já passou por poucas e boas, vivido agora usa suas experiências para alertar a molecadinha com sons como: “Diga Não às Drogas”, “Minha Memória é Um Livro“, “Eterno Aprendiz” e “Amor Bandido“.

MC Nathan ZK

Como falamos um pouco mais acima as músicas “Labirinto da Favela” e “A Cara do Enquadro” tem barulhado nos quatro cantos das quebradas, ultrapassando juntas a marca de 50 milhões de visualizações no Youtube, se reunirmos todos os canais que dispararam os sons. E MC Nathan ZK mais um nome para você conhecer em 2020 também faz parte desses sons que conta ainda com a participação de MC Lipi. Mostrando mais uma vez a potência da zona leste de São Paulo n quesito funk consciente, o artista ainda carrega no currículo músicas como: “Maloka Firmeza”, “Se a Vida Mudar” e “Tu Lembra”.

MC Lemos

No corre para virar no funk desde os 13 anos, Erick Lemos, mais conhecido pelo vulgo MC Lemos atualmente tem 19 anos. Nascido e crescido em Mogi das Cruzes, Vila Jundiaí, também na zona leste de São Paulo ele vem subindo nas redes com sons como: “Tiger Triumph”, “Pegamo a Hyundai” e “Manda Buscar”.

MC LP, MC Fefe, MC Bebê King e MC Bielzinho

Aqui vamos falar logo de quatro apostas diferente para o funk consciente em 2020 de uma vez só. Além dos jovens o consciente vive nas crianças também, por isso, contamos recentemente a histórias dos meninos MC LP, MC Fefe, MC Bebê King e MC Bielzinho. Eles tiveram seus nomes conhecidos pela massa funkeira depois do sucesso do medley “Vários se Jogou na Vida Loca“, com o reconhecimento, a composição de MC LP com participação do MC Fefe, ganhou um videoclipe que está no canal da Cartel do Funk e já passou das 13,8 milhões de visualizações. Os artista vem soltando novos sons procurem saber.

MC Bezerra

Como observamos acima o funk consciente tem feito seu papel de passar a visão do certo e errado para molecada da favela. Mesmo que muito novo, com apenas 10 anos, MC Bezerra é uma aposta para o ano de 2020 e já emplacou 2 sons de reflexão para conscientizar os quebradas: “Minha Mãe Falou” tem mais de 1,8 milhões de visualizações no Youtube e “O Jogo Virou” alcança 2,5 milhões de visualizações no Facebook.

Esses são só alguns dos novos rostos do funk consciente para 2020. Juntos os artistas reúnem muitos milhões nas plataformas digitais e o mais importante muita visão do correto para a molecada de favela. Sentiu falta de alguém que está barulhando as quebradas por aí? deixe nos comentários. É o funk consciente neguin!

O quê você
procura?