Conte aqui sua historia

Estevão dos Santos superou os “nãos” da vida, se encontrou e está virando o jogo

15.05.2020 | Por: Redação

No Conte Aqui Sua História de hoje vamos contar a trajetória Estevão, que tem um passado que infelizmente muitos podem se identificar: o bullying na escola. Ele vai nos contar como começou a superar essa fase e todos os outros obstáculos da vida. Chega mais.

“Sou Estevão dos Santos de Oliveira, tenho 21 anos de idade, atualmente moro em Governador Valadares- MG, porém sou nascido e criado nas periferias da Grande Vitória- ES. Estarei retornando ao Espírito Santo no final do ano.

Minha história sempre teve muita frustração. Eu sempre fui um garoto muito deprimido porque eu não tinha voz, sempre que eu ia falar ninguém me ouvia, até mesmo na sala de aula, mesmo sabendo das respostas certas, eu não tinha vontade de falar por causa dos nãos.

Muito disso acontecia porque eu vinha da favela, e eu decidi que eu seria diferente, que eu ia correr atrás dos meus objetivos, comecei a estudar, ler muito, com uns 12 anos. Comecei a pensar nisso, em como eu poderia alcançar coisas maiores.

Quando decidi correr atrás dos meus sonhos, eu tava trabalhando numa bicicletaria. Hoje já sou formado em Serviços Jurídicos e estou cursando Direito. Eu acredito que as asas de um coração sonhador não pode ser cortada, independente das situações ruins da vida.

Há três anos perdi meu irmão mais velho, foi uma frustração muito grande, e um ano atrás eu perdi minha mãe. Eu cresci com sete irmãos, minha mãe e meu pai, com muita luta, tentaram nos dar tudo. Essas perdas têm sido como combustível para que minha família e eu continue lutando e correndo atrás de nossos sonhos na esperança de que dias melhores virão.

Me tornei uma pessoa diferente, com um vocabulário diferente, depois de tanto esforço e de todos os sofrimentos. Não falo isso por orgulho, mas sim por mérito, por vitória depois de tudo que eu passei.

View this post on Instagram

3 Segredos que você precisa saber.

A post shared by Estevão Santos (@estevao_sanntos) on

Sempre vivi em bairro periférico, onde moro até hoje, e só a gente que vive aqui sabe o tanto de gente poderosa e brilhante que vive aqui dentro que precisa de oportunidade. Eu nunca tive motivação de ninguém e fui minha própria motivação pra melhorar a vida.”

Apesar das dificuldades, Estevão está fazendo o jogo virar servindo de inspiração pra muitos. Se identificou com a história dele? Manda a sua pra gente no e-mail: conteaquisuahistoria@kondzilla.com com suas fotos e contato pra gente falar com você.

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA