Coronavírus / Covid-19

Entenda como vai funcionar o plano de reabertura da cidade de São Paulo

03.07.2020 | Por: Redação
Rio de Janeiro – Salão de beleza na Tijuca funciona em reabertura antecipada do comércio de rua pela Prefeitura, com flexibilização das medidas de isolamento social pela pandemia do novo coronavírus (covid-19). (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Nesta sexta-feira (3), a Prefeitura de São Paulo anunciou a reabertura de restaurantes, bares e salões de beleza a partir da próxima segunda-feira, dia 6 de julho.

Para a reabertura, os restaurantes, bares e salões devem seguir os protocolos de segurança: fazer triagem rápida dos funcionários todos os dias, os ambientes devem ser abertos e ventilados. Os estabelecimentos também devem respeitar o horário de funcionamento de até 6h, podendo ficar aberto até às 17h, além de manter somente 40% da capacidade máxima de pessoas.

Próximos passos

Além do anúncio da Prefeitura, o Governo de São Paulo também anunciou que a reabertura, prevista para o dia 27 de julho, de cinemas, teatros, salas de espetáculos, museus, galerias, bibliotecas e centros culturais. As academias também vão poder reabrir, mas as atividades em grupo e o uso do vestiário estão cortados. Todas as academias devem limpar os equipamentos três vezes ao dia, com funcionamento também de somente 6h e capacidade reduzida.

Para que esses setores abram, a cidade precisa ficar estável por quatro semanas agora na fase amarela, pra cidade poder avançar pra fase verde no final do mês de julho.

Com essa nova fase de reabertura, as atividades e comércios que já estavam funcionando durante quatro horas, podem passar para as 6h de funcionamento.

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA