Sem categoria

Depois de superar as dificuldades, Sarah Assunção ajuda dançarinos e empreendedores

04.06.2021 | Por: Redação

Sexta-feira pós feriado e o Conte Aqui Sua História tá naquele pique pra te inspirar com uma história foda. Quem aparece por aqui hoje é a dançarina Sarah Assunção, diretamente da zona leste de São Paulo. Se liga no corre dela:

“Eu sou a Sarah Assunção, tenho 21 anos e moro na Vila Nhocuné, na Zona Leste de São Paulo. Eu decidi compartilhar a minha história, sobre a correria de quem vive da dança no Brasil, para incentivar outros jovens a persistir nas suas artes e confiar principalmente em si mesmo.

A minha trajetória na dança começou em 2006, por causa do meu avô que é o famoso “pé de valsa” da família, porém além dessa referência em casa, eu sofria com um problema nas pernas a qual ambas eram tortas para dentro que dificultava eu andar. Por causa disso, meus pais decidiram me colocar na academia que o meu avô fazia natação e dançava já a muitos anos para que com atividade física eu conseguisse melhorar a formação das minhas pernas. E fizeram a escolha que salvou a minha vida!

Nesta academia, fiz diferentes danças, lutas e outras modalidades que ela oferecia. Também participei de inúmeras apresentações e ganhei medalhas no judô. Tudo isso ajudou no meu crescimento saudável e na minha autoestima.

Contudo, mesmo saindo da academia anos depois e tendo parado de fazer qualquer atividade física por um período, em 2014 eu decidi voltar a dançar e focar como profissão, mesmo que não fosse bem visto pela minha família por ser algo considerado sem estabilidade. E ter que aguentar piadinhas como “Nossa! É só pegar uma coreografia”, “Você vai passar fome, arte não dá dinheiro”, “Seja que nem seu primo, estude alguma coisa na área de engenharia”.

No final de 2014, meu avô descobriu que estava com câncer e acabou falecendo. Essa situação me desestabilizou por completo, eu fiquei pensando – e agora?- Eu não queria sair da cama, chorava e até pensei em parar de dançar, passou pela minha mente. Porém, um dia encontrei um pequeno bilhete que ela havia escrito e me dado em uma apresentação que eu fiz – eu tenho orgulho de você!- ler isso em um momento tão triste e marcante na minha vida deu gás para me centrar e ir com a fé e coragem para batalhar.

Além da mensagem ter me ajudado, desde cedo eu acredito muito na potência do Universo e tenho em mente que é a gente que faz nossa própria história e que eu precisava crer e consequentemente executar meus planos e desejos com consciência, pois dessa forma todos os meus sonhos se tornaram realidade. Mas o que mais cutucava a minha cabeça e continua até hoje é “para viver o que poucos vivem é preciso fazer o que poucos fazem, é preciso pagar o ‘preço'”.

E o meu processo de “pagar o processo” começou realmente em 2016 – 2017, quando eu passei na Etec de Artes no curso de Dança. Lá eu me desenvolvi como aluna e principalmente como uma profissional, conheci pessoas que me ajudaram muito, me formei e descobri a realidade do que era preciso para conquistar cada etapa dos meus sonhos. Em 2017, me formei e realizei o meu primeiro show e primeiro cachê com dança em uma tour de 2 dias na Virada Cultural no interior de São Paulo. 

E desde então, venho batalhando participando de videoclipes independentes, propagandas, coreografando eventos. Em contrapartida, o que revolucionou a minha história foi a criação da minha empresa chamada UBUNTUX, com ela eu consegui unir a Dança e o Marketing Digital que é a minha segunda paixão, com o início e o avanço da pandemia do Covid-19 eu decidi tirar esse sonho do papel, estruturar e meter marcha como diz os meus amigos. Hoje, a minha empresa cuida do perfil de dançarinos, companhia de dança e microempreendedores que começaram a empreender na pandemia como necessidade.

Realmente é aquele ditado: ‘Pense grande, comece pequeno e não perca tempo’. O que eu digo para vocês, faça acontecer!”.

Se identificou? Manda o seu corre pra gente no e-mail conteaquisuahistoria@kondzilla.com e não se esqueça de nos mandar seu telefone, fotos e redes sociais pra gente entrar em contato!

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA