Conte aqui sua historia

Cantor e pastor, Júlio mudou de vida ao corrigir os erros da família

22.11.2019 | Por: Redação

Hoje é sexta-feira e é dia de Conte Aqui sua História. Quem aparece por aqui pra passar a visão é o Júlio César, ele viu o tráfico de dentro de casa e conseguiu virar de vida. Hoje, cuida de sua família, tem uma banda e é pastor. Se liga em mais essa história.

“Olá meu nome é Júlio César Correa da Luz Júnior, tenho 29 anos, moro no Guarujá porém nasci em Santo Antônio da Platina. Passei minha infância no bairro Santo Antônio, estudei no Tancredo Domingos,inclusive na época do Kond, não tinha uma amizade com ele por sermos de turmas diferentes, mas lembro dele. A minha história começa assim:

Nascido em Santo Antônio da Platina no interior do Paraná, venho pra São Paulo com meus pais com 8 anos de idade, cidade Guarujá, bairro Santo Antônio. Meu pai no interior do Paraná era traficante de drogas e nessa época ele se converteu, aceitou a Jesus depois de um fato marcante que aconteceu com a família.

Eu consigo lembrar de detalhes, meu pai ficava semanas fora de casa e por mais que as pessoas me escondessem, mesmo sendo pequeno, eu sabia que algo estava errado. Uma lembrança que tenho é ver meu pai cheirando cocaína perto de mim, nem ele se lembra disso, mas ele me levou pra pescar, se distanciou e eu vi. Aquilo ativou algo em mim.

Com o passar dos anos comecei a ter maior entendimento e o que me fez não ser um traficante, acredito eu, que foi ver a mudança no meu pai quando ele começou a frequentar uma igreja, quando ele se “converteu”. Por mais que eu tivesse amigos e estudasse com pessoas que estavam no crime, que estavam no tráfico, eu decidi não me contaminar.

Nossa casa era alimentada por ele, com o dinheiro que ele ganhava no tráfico, ele se convertendo a fonte de renda caiu. Então ele decide vir para São Paulo para ser garçom e começar uma vida honesta, é aí aonde nossa história começa no Guarujá.

Minha família começa empreender fazendo salgados e doces, que eram vendidos em carrinhos, ficamos muito conhecidos ali na região pois tínhamos 13 carrinhos. Eu cresci com esse novo testemunho de meus pais, mesmo me lembrando da época do Paraná, o que marcou minha vida foi ver essa mudança radical na vida deles.

Com 12 anos de idade comecei eu a ter experiências com Deus e ali resolvi me batizar na igreja, comecei a tocar violão após ganhar de presente da minha vó. Fui me aperfeiçoando, aprendendo a cantar e aos 16 anos já tocava guitarra em grandes eventos. Nessa época as mídias principais eram rádio ou TV e nossa igreja possuía uma rádio, então ficamos conhecidos e viajamos por muitos lugares com uma banda que tínhamos.

Aos 22 anos sou convocado para a seletiva do então extinto programa “Ídolos”, porém a seletiva caiu bem no dia do meu casamento, não pude participar, porém neste mesmo ano, fui para o Sing Festival e fiquei em segundo lugar.

Hoje sou pai de uma menina de 4 anos, casado, pastor, cantor evangélico e dono de um centro automotivo.

O que eu passo para os jovens hoje é, não faça da sua condição atual o seu destino, tudo é passageiro, infelicidade é transitória, a alegria é permanente, e tudo que não é conquistado, é passageiro”.

Essa foi a história do Julinho. Com ele aprendemos que nós podemos mudar nossos destinos. Todos podem tentar não seguir os exemplos ruins que temos em casa e tentar virar a vida!

Quer se ver no Portal KondZilla? Escreve sua história pra gente: conteaquisuahistoria@kondzilla.com. Não se esqueça de mandar seu telefone e fotos.

Leia também:

Conte aqui sua história: a KondZilla abrindo espaço para você

MC Brotinho superou os perrengues e sonha em estourar no funk

Larguei o tráfico e sigo no sonho de ser MC, o corre do MC Eric

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA