/ Matérias

DJ Biel Bolado, produtor de “Perdoa Mãe”, é a cara do funk consciente

- Por Wenderson França

DJ Biel Bolado, produtor de “Perdoa Mãe”, é a cara do funk consciente

Ser DJ não é apenas apertar o play. Ser DJ e produtor musical então muito menos. Criar uma música quase do zero envolve diversos fatores: vivências, sentimentos, estudo e muita força de vontade para lançar trampos diferentes e Biel Bolado é um dos que estão fazendo isso na cena. Se juntar todos os maiores sucessos do produtor entre eles: “Perdoa Mãe“, “Respeita Nóis“, “Filha do Policial” e “Chuto o Balde” são mais de 160 milhões de visualizações. Pega a visão com o Portal KondZilla.

DJ Biel Bolado no estúdio da produtora Encontro de MC’s

Sensibilidade e força de vontade. Foi assim que Gabriel dos Santos, mais conhecido como DJ Biel Bolado, o brabo do funk consciente, iniciou sua carreira no cenário musical fazendo de tudo um pouco: DJ, diretor e até editor de vídeos.

“Sempre tive facilidade de aprender as paradas, até hoje se eu ver alguém fazendo algo eu também consigo. Já é de mim, é mais do que força de vontade, quando quero aprender alguma coisa me esforço até conseguir”, comenta ele sobre ter desenvolvido suas técnicas sozinho. “Foi assim que aprendi a produzir, virava noites e noites estudando, quebrando a cabeça até sair alguma coisa”, explicou Biel Bolado.

Trabalho árduo é sinônimo de resultados extraordinários. Não é à toa que os crias do funk consciente reconhecem de longe o toque da vinheta ‘Biel Bolado’, seja em Perdoa Mãe“, do MC Alê, “Respeita Nóis“, parceria da dupla MC Digo STC e MC Neguinho da BRC, “Filha do Policial“, do MC Kaverinha ou em muitas outras produzidas por ele. Todas as produções dele juntas ultrapassam a casa dos 160 milhões de visualizações no YouTube.

Edição do videoclipe “Diário de um Interno”, do MC Kaverinha pelos olhos do DJ Biel Bolado

“No consciente eu me identifico, as melodias, a tristeza das músicas, eu sou essa parada”, comenta ela. Mas Biel Bolado não produz só música de visão, ele vem se arriscando em outros gêneros. “Eu produzo [outros gêneros] também, mas sou melhor no consciente do que no funk ousadia. Inclusive, não curto muito trabalhar com ousadia, acredito que tem pessoas que produzem muito melhor do que eu”, disse o DJ.

Sentimentos

Videoclipe “Diário de um Interno” vai ser lançado no próximo dia 8 no canal Encontro de MC’s

MC LP, de apenas 12 anos, compositor da música Vários Se Jogou na Vida Loca“, fala em “O funk consciente vive nas crianças sobre não ter o que comer dentro de casa e a relação com o funk nesse contexto. Assim como LP, Biel Bolado enxergou nas dificuldades uma forma de mostrar seu talento.

“Meus amigos que colavam lá em casa moravam tudo em barraco no meio da favela. Às vezes eles chegavam até com fome porque não tinha um rango em casa e eu pagava uns lanche para eles”. Diretamente lá das quebradas do Campo Limpo, Zona Sul de São Paulo, Biel transformou dias difíceis em música. “Com isso você vai enxergando o sofrimento das pessoas e acaba tomando para você também”.

Mas para o DJ não tem erro, entre os venenos e alegrias da vida, o segredo do sucesso é só um. “Força de vontade, ir pra cima. A única coisa que pode te impedir é você mesmo”.

Diretor de videoclipe

Como citamos lá no início do texto além de DJ, Biel Bolado também é diretor de videoclipe e muito dessa caminhada se deu através dos corre do Kond, da KondZilla. “Uma das minhas primeiras referências foi o Kond quando ele começou a lançar os videoclipes. Fiquei maluco assistindo e fui pra cima pesquisar na internet como fazia”, diz ele. “Até adicionei ele no facebook e ele me deu algumas dicas”.

Conhecimento, força de vontade e com os equipamentos de vídeo, o jeito era colocar a cara nas ruas. “Comprei minha primeira câmera, uma T2i, e comecei fazer uns clipe na quebrada mesmo cobrando um valor simbólico”. Atualmente dirigindo uns videoclipe pela Produtora Encontro de MC’s, Biel trabalhou em projetos como Bye Bye Sofrimento” 3,3 milhões, “Eu Sou Revelação” 4,7 mi e lança o videoclipe “Diário de um Interno” no próximo dia 08/02 também no canal no Encontro de MC’s

Timidez

Em um papo que foi do trabalho de jovem aprendiz até a carreira construída no funk, descobrimos que DJ Biel Bolado é tímido e que o trampo foi o que ajudou ele superar um pouco essa questão. “Sempre fui reservado, essas paradas de ficar falando, cantando, se comunicando direto com os outros nunca foi comigo”.

Dividido entre o universo dos computadores, o amor pelos fãs e a fama, o produtor prefere ficar nos bastidores e longe dos holofotes. “Pra falar a verdade, não gosto muito de estar fazendo um rolê no shopping e as pessoas me reconhecerem pedindo foto. Mas é mais por eu ser tímido, mesmo assim, faz parte [do sucesso], eu amo os meus fãs. Porém, por mim eu ficava só nos bastidores sem k.o”, disse ele sorrindo.

Vivendo e aprendendo, Biel Bolado nos ensinou que a pegada é correr atrás, afinal só assim conseguimos alcançar os nossos objetivos. Com vários sucessos andando nas pistas, o sonho do DJ é desembarcar na gringa. “Minha meta é produzir um trabalho internacional, gravar umas paradas fora do Brasil”.

Acompanhe DJ Biel Bolado no Instagram

Leia mais:

2019: o ano do retorno do funk consciente

MC Neguin da BRC retrata vivências de favela em seus funks

MC Digo STC conseguiu tirar a mãe da reciclagem através da carreira no funk

Tags relacionadas:

Funk Consciente

Produtor / DJ

Funk