2019: o ano do retorno do funk consciente

Autor: Redação

Fotos por: KondZilla

Funk Consciente | 27/12/2019 15:00:37

Anexo faltante

Que o funk consciente segue vivo no coração das gerações mais novas, a gente sabe, mas com o final do ano aí, vale a pena relembrar as mensagens que marcaram o ano e ensinaram a molecada a fazer o certo. Vem com nois

MC Rodolfinho – Velho Ditado

Logo no começo do ano, MC Rodolfinho lançou “Velho Ditado”, mandando aquele chega pra lá na galera que só quer tirar proveito do sucesso dos outros. É como ele diz na música: “só vai beber da minha água quem passou sede comigo”. O som, assim como “Roda Gigante” e “Nocaute“, foi produzido pelo Djay W, um dos monstros do beat rasteiro.

MC Menor MR – Dominar o Mundo

Com 22 milhões de visualizações, “Dominar o Mundo”, do MC Menor MR, é um verdadeiro hino para todos que são desacreditados pelo mundão, mas que têm a vontade de mudar de vida e dar uma condição melhor pra família.

MC PP da VS – 40 Metros

O gigante MC PP da VS destruiu tudo com “40 Metros”, um som produzido pelo Guil Beats que fala sobre um enquadro e como a evolução dos negros incomoda os outros. A música ainda foi retratada com um videoclipe em plano sequência dirigido pelo Tico Fernandes. Música foda com videoclipe foda, é a fórmula do sucesso.

MC Alê e MC PLK – Diga Não às Drogas

Em “Diga Não às Droga”, MC Alê e MC PLK tão juntos pra passar o papo pro pessoal ficar longe das drogas, como elas podem destruir a família. É como eles dizem na música “diga não às drogas, pivete vai pra escola, respeita o pai e a mãe que eles querem sua melhora”.

MC Alê – Perdoa Mãe

Um dos sons mais marcantes e emocionantes do ano foi “Perdoa Mãe“, não tem nem como mentir. A música do MC Alê é um pedido de desculpas pra mãe, que sofre ao ver um filho que abandonou a escola, entrou no mundão, mas depois saiu e conseguiu mudar a vida da família.

MC Rhamon – Não Chora Mãe

MC Rhamon, uma das revelações do ano veio com vários consciente, mas “Não Chora Mãe”, que soma mais de 10 milhões de visualizações no YouTube, fala sobre um menor que entra na vida loka pra tentar dar uma melhoria pra mãe, que sofre ao ver o filho nesse caminho.

União é Nois

Um dos princípios do funk consciente é a união, pode ver que vários MCs se reúnem pra passar a visão, cada um somando com sua vivência, seja os da mais antigas com os mais novos, ou MCs de várias regiões. No meio disso surgiu o projeto União é Nois, do Mestre Patrick, que junta os MCs da Encontro de MCs, da KondZilla e o carioca MC Maiquinho pra mostrar que o funk é união e que os funkeiros unidos estão na luta pelas mesmas coisa.

Gangue do Consciente

Falando em união, outro projeto que surgiu em 2019 foi Gangue do Consciente, do DJ Bueno, que reúne MC Lynne, MC Menor MR, MC Paulin da Capital, MC Rhamon, MC DR, MC Willian, MC Nego da 3 e MC Negão do Arizona passando a visão de cria. 

Leia mais:

Djay W: o produtor que está desacelerando o funk

MC Alê, MC Maiquinho, Menor MR, Rodolfinho e Neguin da BRC juntos pedindo paz

O funk consciente vive nas crianças, conheça os cria MC Bielzinho, MC LP e MC Bebê King

O funk consciente resiste ao longo dos anos

O quê você
procura?