HERvolution

Em painel WME Conference, Alana Leguth destacou a importância das mulheres no funk

21.06.2021 | Por: Redação

Solta o pancadão! Pela primeira vez na história do Women ‘s Music Conference, o evento recebeu um painel sobre funk. O WME é dedicado exclusivamente às mulheres da música, fundada pela jornalista Claudia Assef e a empresária musical Monique Dardenne

Na tarde da última sexta-feira (18), o evento recebeu o painel “Kondzilla apresenta Hervolution: a revolução das mulheres do funk é real e precisamos falar disso”. A mediadora foi a Alana Leguth, sócia-fundadora da KondZilla e idealizadora do projeto HERvolution.

Além dela, o bate-papo contou com Fernanda Souza, educadora, professora e jornalista, Juliana Bragança, professora e mestra em história e Tamiris Coutinho, relações públicas com formação em Música e Negócios.

Dentre os assuntos abordados, as minas conversaram sobre o machismo no meio do funk, o desenvolver do ritmo nos anos 90 até os dias atuais, e claro, sobre o HERvolution. 

“Sexta foi meu primeiro painel. Falar sobre a presença feminina no Funk pra mim é mais do que importante, é necessário e pessoal. O Hervolution é para que todas se sintam representadas, acolhidas e valorizadas”, escreveu Alana em um publicação no Instagram, agradecendo a participação no WME. 

O WME Conference Unreal rolou entre os dias 18, 19 e 20 de junho. Se você perdeu o evento, não se preocupe! O conteúdo fica disponível por 30 dias na plataforma online da conferência, basta acessar aqui.

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA