Sem categoria

13 anos sem MC Zói de Gato; Relembre sua história

09.04.2022 | Por: Janaine Fernandes
13 anos sem MC Zói de Gato; Relembre sua história

MC Zói de Gato tinha apenas 16 anos quando morreu em um acidente de carro

13 anos sem MC Zói de Gato; Relembre sua história
MC Zói de Gato (Ilustração: @babylonartist)

Infelizmente, o mês de abril é conhecido como mês trágico para a cultura funk. 

Além de Felipe Boladão e Duda do Marapé, Zói de Gato foi outro MC que deixou saudades em abril.

Diretamente da Vila Natal, zona sul de São Paulo, Denner Augusto Sena da Silva, mais conhecido como Zói de Gato, iniciou sua carreira em meados de 2007, se inspirando no movimento do funk do Rio de Janeiro.

Aos 14 anos, ele deixou todo mundo surpreso com seu potencial e se tornou um dos grandes talentos do funk paulista daquela época.

Com letras que falam sobre a vivência de quebrada, suas músicas caíram na boca do povo, fazendo muita gente se identificar com as composições.

Conforme o tempo ia passando, o MC mostrava uma visão de funk muito a frente de seu tempo.

Seus principais sucessos como, “Amor Só De Mãe”, “Eu não quero buxixo” e “Fábrica de Bico”, acumulam milhões de visualizações no YouTube e colecionam fãs. 

Sonho Interrompido

Zói de Gato tinha apenas 16 anos quando a sua carreira foi interrompida.

Na madrugada de quinta-feira do dia 9 de abril de 2009, o MC estava voltando de um show que tinha realizado no baile da Maria Mariah, na região de Parelheiros — zona sul de São Paulo — quando sofreu um acidente de carro.

Segundo dois primos do artista, a tragédia aconteceu no final da madrugada, por volta das cinco horas da manhã. 

No veículo onde estava Zói de Gato, havia mais três pessoas. O acidente deixou duas feridas e tirou a vida de mais uma garota além do MC.

O seu legado

Nascido na Vila Natal, bairro da região do Grajaú, Zói de Gato formou o Bonde da Vila Natal, no qual reúne outros Mc’s da comunidade. 

Embora novo, o cantor sempre foi um dos grandes prodígios no universo do Funk e sua carreira foi inspiração pra muitos outros MC’s.

Quem conhecia o funkeiro, dizia que a meta dele não era explodir no mundo, sendo um funkeiro ostentação, mas sim fortalecer a todos que ajudaram ele a conquistar seu sonho.

Em 2019, o cantor foi homenageado através de um documentário, realizado de forma independente por um fã que acompanhou sua carreira.

Visando eternizar a memória do artista, o produtor de conteúdo Kelvy Lopes, responsável pelo canal homônimo no YouTube, decidiu produzir um documentário retratando a vida e a obra do funkeiro. 

“Era final de janeiro de 2018. Eu tava no carro escutando umas músicas do Zói de Gato e logo pensei: ‘pô, não tem nada falando sobre a carreira e a morte dele”, explica Lopes. “Falei com um pessoal e decidimos tocar esse projeto. Infelizmente, pouca gente sabe da importância dele para o funk de São Paulo. Com 15 anos, ele já dava aula, era algo muito especial”.

Apesar de não poder ter visto o tamanho do impacto da sua carreira pro movimento funk, o legado do MC Zói de Gato ficará eternizado na memória e no coração do real quebrada.

Aproveita pra conferir o documentário;

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA