12 anos sem MC Zoi de Gato: 5 músicas para relembrar a carreira do artista da Vila Natal
Créditos: Reprodução // Redes Sociais
- Por Wenderson França

12 anos sem MC Zoi de Gato: 5 músicas para relembrar a carreira do artista da Vila Natal

Definitivamente o dia 9 de abril não é uma data feliz para a cena do funk. Afinal, há doze anos, neste mesmo dia perdemos em um trágico acidente de carro MC Zoi de Gato, um dos nomes mais icônicos já existente no movimento funk, principalmente de rua, onde atuava com maestria, deixando um legado jamais esquecido.

Como forma de homenagem, que tal recordarmos algumas músicas de sucesso do artista? Chega mais com o Portal KondZilla. Em memória do eterno MC Zoi de Gato!

Amor é Só de Mãe

Quem nunca utilizou o ditado popular ‘amor é só de mãe’ em uma fala ou quem sabe em um status em alguma rede social? MC Zoi de Gato não só utilizou, como transformou o ditado em um hino conhecido no universo do funk, mesmo depois de sua partida. A música foi feita em dedicação a dona Kátia, mãe do artista, mas se tornou o som que os mandrake compartilham com a coroa para mostrar o quanto são gratos pela vida de nossas guerreiras. “Amor é Só de Mãe” é sem dúvidas um ou o maior sucesso de MC Zoi de Gato em vida.

Fábrica de Bico 

Em “Fábrica de Bico”, MC Zoi de Gato cita alguns dos sonhos de todos os moleques de quebrada como: motos de alta cilindrada, roupas de marca, bebidas caras, mulheres e baile funk. O nome “Fábrica de Bico” foi a expressão usada por MC Zoi de Gato para dizer que suas conquistas estavam acumulando muito bicos [invejosos].

Aguas Sujas e Aguas Limpas 

“Águas Sujas e Aguas Limpas” é uma música onde MC Zoi de Gato relata alguns dos seus dias de lutas e vitórias dentro da quebrada Vila Natal, zona sul de São Paulo, onde o artista foi nascido e criado até o momento de sua partida. No som o artista cita a admiração da quebrada, os bailes curtidos, shows, mas também fala da inveja que sofreu em alguns momentos. Tá ligado que na vida uma palavra é prata e o silêncio é ouro!

Eu Não Quero Buxixo 

Não tem como falar de MC Zoi de Gato sem tocar no funk de relato ou proibidão como ficou conhecido na época em que o artista ainda era vivo. Sem tempo pra buxixo e viciado em dinheiro, no som em questão Zoi de Gato aborda assuntos delicados ao relatar a vivência dos mano que tem disposição para vida errada e não corre do problema. Seja no som do carro ou em um show presencial, a música levava o público de Zoi de Gato ao delírio onde ele canta, afinal quem não lembra da introdução “Quem não aceita buxixo dá um grito”. Ai DJ Tirinho solta essa porr#”.

Último Show de MC Zoi de Gato 

Por último, mas não menos importante, o último show de MC Zoi de Gato antes de sua partida realizado na casa de show Maria Mariah, em uma quarta-feira, 12 anos atrás. Os vídeos da apresentação estão disponíveis no YouTube e nele MC Zoi de Gato canta os sucessos citados e muitos outros. Um dos últimos registros do artista em vida foi fazendo o que mais amava e é somente nele que você vai poder sentir um pouco da vibe de como era o show de ninguém menor que o eterno MC Zoi de Gato.

A partida foi precoce, mas o legado deixado é para eternidade. Obrigado MC Zoi de Gato por ter feito história no funk e marcado não só a sua geração, mas tantas outras que surgiu nesses 12 anos depois de sua partida. Que esteja em um bom lugar menino da Vila Natal. Não deixe de conferir um pouco mais da história do artista em: “Documentário relembra a história do MC Zói de Gato

Tags relacionadas:

Musica

Comportamento

Matérias