Matérias

Vovó do rap fez sucesso na internet cantando Hungria e com o bordão ‘respeita carai’

30.03.2021 | Por: Wenderson França

Já imaginou se sua vozinha desenrolasse muito nas redes sociais e mandasse um vídeo cantando a música do seu artista favorito? Pois bem, há alguns meses dona Dezeri de Fatima Pereira, 63 anos, viralizou nas redes sociais com um vídeo cantando “Made In Favela“, do rapper Hungria, e solta o clássico ‘respeita carai’. Desde então, a Vovó do Rap vem crescendo nas redes sociais e conquistando milhares de “seguinetos”, como ela chama os seguidores. Quer saber um pouco mais de como tudo isso aconteceu e quem é realmente a Vovó do Rap? Cola com o Portal KondZilla e pega a visão. 

Se fosse para definir a Vovó do Rap em algumas palavras sem dúvidas seria: simples, autêntica, amável e disposta a viver a vida em sua maior profundidade. Afinal, não à toa, ela vem conquistando o coração de milhares de pessoas ao cantar pequenos trechos de músicas que estão geralmente fazendo sucesso nas ruas. Logo a proporção do que seria apenas uma brincadeira se materializou nos seguinetos que são quase 150 mil seguidores no Instagram e quase de 800 mil seguidores no Tik Tok.

Quer saber como toda essa história aconteceu? A própria Vovó do Rap explica: “Eu já cantava os rap do Hungria e Tribo da Periferia, mas só veio viralizar mesmo faz mais ou menos um ano. Tudo aconteceu quando postei um vídeo cantando a música “Made In Favela” e no final falei o ‘respeita carai’ e todo mundo achou engraçado”. O resultado de um vídeo despretensioso foi 80 mil seguidores em menos de 24h: “O DJ Dennis fez um remix meu cantando. Nisso, fui dormir e quando acordei na madrugada estava com mais de 80 mil seguidores no Instagram, achei chique demais”.

As músicas que fazem parte do repertório da Vovó do Rap são decididas pelo gosto musical da própria que por sinal é super atual. No mais, alguns sons significam fazer o gosto dos seguidores: “Geralmente pesquiso umas músicas que eu gosto. Meus seguinetos também pedem bastante algumas músicas, aí eu meto o louco e canto mesmo”.

Não é novidade pra ninguém que números nas redes sociais hoje em dia significa dinheiro, não é mesmo? Sendo assim, sem conseguir o direito à aposentadoria mesmo aos 63 anos, parte das escolhas da Vovó do Rap nas músicas cantadas em suas redes sociais são baseada nas publis: “Quando eu não gosto de uma música é difícil demais pra eu decorar, até porque já estou com a cabeça meia ruim. Mas, mesmo assim, eu canto porque tem uns que me paga e não tem jeito a vovó precisa né do troco”. 

Atualmente a internet para Vovó do Rap significa combustível de vida: “Significa muito pra mim, é minha vida, minha sobrevivência. Às vezes posto um vídeo meio contrariada e quando vou olhar o comentário dos seguineto comigo é tudo uma gracinha. Sinto que se não fosse essa internet a vida que estamos levando seria bem pior, acho que se eu perco esse carinho nem conseguiria viver daqui pra frente, sou grata demais”. 

Entre a paixão pelo Hungria e o funk

“Made In Favela”, música que colocou a Vovó do Rap na mídia, não foi só devido ao acaso do sucesso. Afinal, ela não esconde sua paixão pelo rapper Hungria a quem revelou sonhar em conhecer. Porém, os MC’s de funk vem conquistando um pedacinho desse coração: “O sangue que bombeia meu coração mesmo é o Hungria. Mas ultimamente estou gostando muito dos funks, tenho um amor incondicional com todos os MCs, é incrível como eles tem um carinho incondicional com a Vovó. 

Vovó do rap defende os MC’s que foram chamados para depor pela polícia 

Não à toa, a compilação de músicas da playlist da VoVó do Rap, passa pelo pop funk, consciente e até um mandelinha: “Ultimamente tenho escutado bastante funk, tem umas músicas que não sai da minha cabeça como a do MC Zaquin “Ei Moça“, MC Digo STC canto música dele o tempo todo, aquela “Menor Vigia” é a que eu mais gosto, tem um pedaço que canto decorado e gosto também de MC Livinho, MC Pedrinho, MC Ryan e MC Rick eu gosto demais com aquelas putarias dele”. Quanto ao rap: “Do rap é Hungria, Tribo da Periferia e Salvador da Rima”. 

Gostou de saber um pouquinho sobre quem é a Vovó do Rap? Então pega a visão que ela deixou um salve para todos os fãs e seguinetos: “Quero mandar calorosamente, pegando fogo mesmo, um forte abraço e um beijo pra todos os meus seguinetos que acompanham o meu trabalho. Separadamente um forte abraço pro Hungria”.  

Acompanhe a Vovó do Rap no Instagram

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA