Gingado do Rabetão

Hoje eu tô brisado, trichapado
Eu tô todo maconhado
Pra pegar esse foguetão
Sei que eu não sou galo de briga
Mas pra pegar essa menina
Eu vou até sair na mão

Pode ser no jogo de xadrez
De chinês, de japonês
De reforço os alemão
Mas enquanto eu falo com vocês
Só me traz o pão francês
Enquanto eu luto com uma mão

Desce, que desce
Que desce, desce
É o gingado do rabetão
Sobe, que sobe
Que sobe, sobe
Balançou meu coração

PUBLICIDADE Flowers
PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA