“Meu sonho é dar uma casa pra minha mãe”, conta MC Bezerra de 10 anos
Créditos: Wenderson França // Portal KondZilla
- Por Wenderson França

“Meu sonho é dar uma casa pra minha mãe”, conta MC Bezerra de 10 anos

“O meu maior sonho é dar uma casa pra minha mãe e só. Mas se ela quiser mais nós vamos pra cima”, foi assim que o garoto de 10 anos, de Sapopemba, começou o papo com o Portal KondZilla. O funk consciente tem feito seu papel de passar a visão do certo e errado para molecada da favela. MC Bezerra já soma números impressionantes: “Minha Mãe Falou” tem mais de 1,5 milhões de visualizações no Youtube e “O Jogo Virou” alcança 2,5 milhões de visualizações no Facebook. Ele deu o papo “vou fazer minha quebrada cantar” e agora você conhece a história deste jovem sonhador.

Não é a primeira vez que vamos em busca de crianças que vem revolucionando o cenário do funk consciente com letras que fazem muito marmanjo entrar em reflexão. Recentemente falamos como o funk consciente vive nas crianças depois de conversar com os MC’s LP, Bebê King e Bielzinho. Eles também passaram a visão depois de estourarem o som “Vários se Jogou na Vida Loca”. E MC Bezerra está vivendo uma história semelhante,

Desta vez escolhemos uma terça-feira, no início da tarde para brotar em Sapopemba, mais especificamente no Jardim São Roberto, zona leste de São Paulo, onde encontramos o artista mirim que nos recebeu ao lado do seu irmão mais velho e produtor, Felipe Henrique, de 24 anos.

Os irmãos Bezerra e Felipe – Wenderson França

De bate pronto, Bezerra e Felipe se colocaram à disposição fazendo questão de me levar até o apartamento no segundo andar do conjunto habitacional onde moram com a família, lugar em que eu conheci também a mãe do funkeiro que reforçou a importância da educação. “Pra mim, o fundamental é ele ir à escola, obedecer eu e os irmão dele” conta a mãe. “De resto vamos ajudar ele no que precisar sempre”.


Bezerra e família – Wenderson França

O MC mirim, mesmo que muito consciente nas letras e no recado pra molecada, mostrou ser uma criança como qualquer outra. Enquanto a conversa acontecia, ele mexia no celular, enquanto prestava atenção no que falávamos ao mesmo tempo. O menino só interrompeu pra pedir o almoço, pois sabia que o rolê pela quebrada poderia demorar.

Bermuda, boné e chinelo de dedo era suas vestimentas dentro de casa. Assim que o artistas mirim concluiu a refeição, Felipe o chamou e ajudou a trocar de roupa para fazer algumas fotos. Bezerra voltou agora na pinta de MC.

“Meu sonho é dar uma casa pra minha mãe”, MC Bezerra deu o papo

Pronto para fazer as fotos e trocar ideia com o Portal KondZilla, o próprio artista puxou o bonde. “O meu maior sonho é dar uma casa pra minha mãe e só. Mas se ela quiser mais nós vamos pra cima”.

“Quando eu morava no Heliópolis ficava com uns amigos fazendo funk na palma da mão [medley] e meu irmão Felipe falou ‘porque você não vira MC?’. De início eu não queria, mas ele ficou insistindo”. Até que Bezerra decidiu seguir o conselho do irmão. “Teve um dia que eu estava rimando e cantei uma música [Minha Mãe Falou] depois disso eu não parei mais”. Foi assim que o garoto foi descoberto de vez pelo MC Modelo e apresentado ao mercado do funk.

Com amor pela música desde menor, o MC já mandava uma palinha antes mesmo de conseguir emplacar “Minha Mãe Falou” e “O Jogo Virou”. “Foi tão difícil pra mim chegar aonde eu cheguei e a KondZilla vir aqui em casa fazer uma entrevista, eu nunca imaginei isso mas o meu sonho se realizou”, disse ele.

Mesmo vivendo seu sonho os estudos não podem parar, por isso, o MC cursa a segunda série em uma escola próxima do bairro e segue os conselhos da sua mãe. “Estudar muito, igual minha mãe fala, e respeitar todo mundo que está por mim”, comentou.

“Eu quero chegar lá em cima sem invejar ninguém”. E conclui com um pedido. “Quero muito gravar com o Kevinho”.

De rolê no conjunto habitacional

Dividindo sua evolução na música e na vida com os vizinhos, ao me levar para conhecer o conjunto habitacional, todos mostram conhecer o corre do Bezerra, que lá é chamado de Caveirinha.

Bezerra então rapidamente me levou no escadão onde foi gravado o videoclipe de “O Jogo Virou”, em seguida se apressou para que fossemos até a pracinha onde encontrou os amigos, andou de bicicleta e jogou bola em um balanço improvisado para servir de trave.

Felipe, irmão e produtor, logo disse. “Tem vez que ele cai no mundo e vai sozinho resolver as coisas dele, sai da escola e vai direto pra produtora, volta com músicas e vídeos prontos. Mas tem vezes que ele esquece de tudo e só quer ser criança”. Bezerra ainda é criança, mas já tem a visão de gente grande. Aos 10 anos já trilha um caminho próspero para si e sua família.

Você já conhece o som do MC Bezerra? Acompanhe MC Bezerra no Instagram

Leia também:

DJ Biel Bolado, produtor de “Perdoa Mãe”, é a cara do funk consciente
O funk consciente vive nas crianças, conheça os cria MC Bielzinho, MC LP e MC Bebê King
2019: o ano do retorno do funk consciente

Tags relacionadas:

Funk Consciente

Histórias que inspiram

Matérias

Funk