Hoje MC Daleste completaria 28 anos, e seu legado continua
Créditos: Reprodução//Redes sociais
- Por Da Redação

Hoje MC Daleste completaria 28 anos, e seu legado continua

Nesta sexta-feira (30), Daniel Pellegrine, conhecido como MC Daleste, estaria comemorando 28 anos. O funkeiro, que se destacou por sua sagacidade nas letras, pelo carisma e pela história de vida, foi eternizado como um dos nomes mais famosos e respeitados do funk, após ter sua vida interrompida por três tiros disparados contra ele, em 7 de julho de 2013. Para celebrar o legado do MC, o Portal KondZilla relembra a trajetória desse fera.

Iniciando sua carreira no funk cantando proibidão, Daleste conquistou muita visibilidade na vertente antes de chegar ao funk ostentação. Em suas letras, o artista mandava o papo reto mesmo, com relatos de sua vivência e o que via nas quebradas, um exemplo disso  é o som “Mãe de Traficante“; a música relata a saudade de uma mãe que perdeu seu filho para o crime. Lançado em 2011, o hit tem mais de 45 milhões de visualizações. 

Outro som marcante na carreira do MC é “O Gigante Acordou“, lançado em 2013, ano conhecido pelos protestos (manifestação dos 20 centavos). Isso mostra o quanto debates sociais e políticos eram assuntos que Daleste se preocupava em passar para a molecada. 

Ainda em 2013, MC Daleste vivia no auge da carreira, mas teve sua trajetória interrompida por três tiros no dia 7 de julho. No entanto, os disparo não mataram o seu legado, prova disso é que – sete dias depois do atentado – foi publicado o videoclipe de “São Paulo”, atualmente com 141 milhões de visualizações no YouTube.

Hoje, os fãs e família celebram a história e influência que Daleste deixou para muitos MCs, por ser sinônimo do mais puro funk. Afinal, o cara era talentosíssimo e se preocupava muito com as comunidades, passando a visão para a molecada e, principalmente, pedindo paz através de sua arte. 

Tags relacionadas:

Musica

Funk