Espaço Favela no Rock in Rio vai ter comida das quebradas cariocas

Autor: Gabriela Ferreira

Fotos por: Reprodução // Rock in Rio

Empreendedorismo | 21/08/2019 11:51:51

Anexo faltante

Nova atração da programação do Rock In Rio, o Espaço Favela é um palco voltado para a cultura das favelas do Rio, com artistas do funk, do teatro, do rap e não poderia faltar também a gastronomia das quebradas. Nessa primeira edição do Espaço Favela, 18 empreendedores de diversas quebradas cariocas foram escolhidos para terem suas comidas sendo vendidas no evento. Se liga.

Sabor da Loura (Providência)
Nascida na Providência, Rosana Damasceno decidiu abrir seu negócio há 20 anos. A ideia da chef surgiu de criar um restaurante com pratos diversificados, mas que fosse especializado em abóbora. Por causa de seus pratos como o croquete de abóbora com carne seca, a Rosana ficou conhecida com Rainha da Abóbora.

Sabor Brasileiro (Providência)
Também da comunidade da Providência, Juciana Brasileiro percebeu que levava jeito para fazer quitutes há 27 anos. Ela então abandonou o emprego e começou a se especializar em seus salgados. No Rock in Rio, ela chega com o risole de rabada com agrião, que promete ser uma delícia.

Potti-Poá (Vila Kennedy)
Lucianna, assim como muitos confeiteiros, começou a fazer doces para as festinhas de família e amigos. Com o aperto financeiro, ela viu que podia usar essa paixão pela confeitaria em trampo e no Bar do Espaço Favela, ela chega com sua palha italiana.

Frango Chef (Morro do Alemão)
Cíntia Machado sempre curtiu cozinhar e para ajudar na renda de casa, ela começou a fazer marmitas, caldos e churrasquinho na rua. Depois que o negócio deu certo, ela decidiu investir em um food-truck, que depois se tornou um restaurante fixo lá no Morro do Alemão. No evento, Cíntia vai apresentar seu famoso bolinho de feijoada com couve, bacon e carne seca.

João Diamante (Andaraí)
Idealizador do projeto Diamantes na Cozinha, do Mercado Municipal do Rio, João Diamante ficou conhecido pelo seu espaço Na Minha Casa, um restaurante que vende pratos variados, muitos inspirados no estado em que nasceu: a Bahia. Um de seus pratos mais famosos é o bolinho de tapioca.

RG Burges (Vila Kennedy)
Em 2016, Guilherme Pisente estava afastado da Marinha e percebeu que lá no bairro onde mora não tinha nenhuma hamburgueria artesanal. Ele então criou a RG Burgues, que possui diversas opções de combinações para os lanches, e também conta com outros quitutes, tipo o bolinho de aipim e carne moída que ele leva para o Rock in Rio.

Delícia das Meninas (Vidigal)
Há 10 anos, Fabiana estava atrás de uma ocupação legal e acabou se envolvendo com a confeitaria. O negócio cresceu dentro do Vidigal e hoje conta com delivery e encomenda. Para o evento, Fabiana leva seu brigadeiro gourmet e a bolinha de carne com queijo para aqueles que não curtem doces.

Cantinho da Rô (Morro dos Tabajaras)
Antes de ter seu Cantinho próprio, Rosângela começou a vender marmitas para entregar perto de casa. Com o sucesso das quentinhas, Ro conseguiu abrir seu espacinho, que se consagrou com uma famosa feijoada de sábado. Para o Espaço Favela, a cozinheira leva seu bolinho de arroz com salsicha.

Regado a Sabor (Morro da Babilônia)
Enquanto cursava Empreendedorismo na Gastronomia, do Sesi com parceria do Sebrae, Fernanda criou o Regado a Sabor, como parte de um projeto do curso. Depois disso, ela chamou a mãe e continuou o negócio que é especializado em tapioca. Para o Bar, ela apresenta um dos quitutinhos mais famosos: o dadinho de tapioca.

Vera Meireles (Complexo do Alemão)
Vera começou a cozinhar com sete anos na pizzaria da família. Sua paixão pela culinária foi crescendo e ela começou a curtir fazer bolos e doces. Com o sucesso chegando, ela criou o Buffet Vera Meireles, um sucesso no Rio. Para o RIR, ela apresenta seu clássico bolinho de queijo.

Marcio’s Lanches (Cidade de Deus)
Lá no fim dos anos 1980, Márcio juntou sua coleção de garrafas de cerveja e abriu um bar. Depois de muitos anos vendendo brejas, ele desistiu da bebida e começou a apostar em salgados, sanduíches, refris e doces. O que ele leva para o Espaço Favela é o famoso Açaí.

Mirante da Floresta (Nova Coréia)
Assim como muitas pessoas, Rodrigo é daqueles que ama ficar na cozinha conversando e tinha na comida uma relação de amor por causa das festinhas de família. Foi assim que ele abriu seu negócio inspirado naquela sensação de aconchego de reunião familiar. Para o evento, ele apresenta uma famosa receita de vovó, o bolinho de arroz.

Favela Orgânica (Morro da Babilônia)
Muita gente acha que não tem como comprar comida orgânica nas comunidades, e a Regina Tchelly vem pra desmistificar isso. Com seu Favela Orgânica, ela vem com o ciclo de comidas que se sabe onde os alimentos foram plantados, como foram colhidos e como ele vai voltar pra terra depois. Uma das comidinhas mais famosas da Regina é o croquete de coração de banana, que ela apresenta no Bar Espaço Favela.

Cheirinho de Dendê (Comunidade do Fallet/Fogueteiro)
Empreendedora há dez anos, Rosa Perdigão percebeu a necessidade de propagar suas raízes baianas nas casas de religião matriz africana do Rio. Assim, ela criou o Cheirinho de Dendê. Para o evento, ela vem com o seu acarajé vegano.

Caliel (Morro do Salgueiro)
Carioca, filho de mineiros, desde o início da década de 1990 a família de Marcelo já produzia pão para vender na comunidade. Após muitos anos, Marcelo deixou seu emprego regular para investir no negócio de família e criou a Padaria Caliel. Para o Rock in Rio, ele vem com a empada de queijo e ora- pró-nóbis.

Digs (Cantagalo – Pavão- Pavãozinho)
Olha só como começou a história do Rodrigo na cozinha. Quando a esposa dele estava grávida, ela estava com desejo de comer brownie e assim ele se arriscou e fez um brownie saudável para ela. O resultado foi tão bom que ele resolveu investir nisso e criou várias receitas de doces saudáveis. Com toda essa história, é claro que ele vai pro Rock in Rio com o seu famoso brownie de pote.

Maré de Sabores (Maré)
Nascida e criada na Maré, formada em gastronomia, Mariana Aleixo teve acesso cedo a espaços renomados. Por causa disso, ela teve a visão de passar a sabedoria adquirida dentro da comunidade e criou uma oficina de gastronomia para mulheres. Um dos resultados desse projeto incrível é a receita de bolinho de polenta com ragu de linguiça e bolinho de aipim com carne assada, que estarão disponíveis no evento.

Caldo da Nêga (Morro do Fallet/Fogueteiro)
O restaurante Caldo de Nêga surgiu como uma forma de ajudar na renda de Bárbara, que trampava como manicure. Por causa da falta de comidinhas pras pessoas que ficavam bebendo e conversando perto da casa da cozinheira, ela começou a vender caldos e quitutes. Um dos sucessos de Bárbara é o bolinho de baião de dois, que ela venderá no Rock in Rio.

Esses são todos os empreendedores que vão participar do cardápio do Espaço Favela, com todas as suas especialidades e histórias incríveis de pessoas que apostaram em um sonho e conseguiram ir longe. Uma oportunidade como essas, mostra a riqueza cultural e gastronômica presentes nas favelas cariocas. Ricas em sabor e criatividade.

#Serviço
Rock in Rio
Parque Olímpico (Rio de Janeiro)
27, 28 e 29 de setembro a 3, 4, 5 e 6 de outubro
https://www2.rockinrio.com/

Leia também:

Rock in Rio anuncia todas as atrações do Espaço Favela

ASSINE A NEWSLETTER

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE DO NOVO PORTAL KONDZILLA!

O quê você
procura?