Entre o funk, o trap e a fé: conheça o corre do Caio Passos
Créditos: Reprodução
- Por Wenderson França

Entre o funk, o trap e a fé: conheça o corre do Caio Passos

DJ, produtor musical, beatmaker e tantas outras paradas que quase ninguém sabe, como: guitarrista, técnico de som, e um mano de fé. Esse é Caio Passos de Souza, 25 anos, cria das quebradas da Vila Sônia, zona oeste de São Paulo. Nos últimos tempos, Caio Passos se destacou por produzir “Maçã Verde“, do MC Hariel, e muitos outros sucessos. Cola com o Portal KondZilla que nós trocamos uma ideia com ele. Pega a visão!

São tantos milhões que fica até difícil de colocar no papel. Não tem jeito, Caio Passos vem construindo um império no universo das produções musicais, não à toa tem trabalho rodando nas ruas com muitos artistas como: MC Hariel, MC Pedrinho, MC GP, MC Menor MR, MC Mirella, Kayblack, Hyperanhas, Sartori, além do comediante Whindersson Nunes com o personagem Lil Whind e jogador Ronaldinho gaúcho com o projeto Tropa do Bruxo part Djonga e Sidoka

“Meu pai é minha maior referência”

O rolê na música não é de hoje, vem de muito tempo atrás. “Um amigo do meu pai me ensinou tocar bateria quando eu tinha mais ou menos 9 anos. Depois disso, montei minha primeira banda com o meu primo, toquei guitarra e baixo em algumas bandas de rock, fundei um grupo de pagode e até toquei na igreja”, comenta ele sobre o começo da carreira. “Na adolescência, eu curtia fazer tags nos muros e rimar pelas quebradas. Foi nisso que me inscrevi na batalha de rap de Santa Cruz e fui campeão. Isso me fez focar de vez no rap”. 

No toque da produção, Caio foi aprendendo aos poucos até se especializar. Assim como vários outros produtores fodas, ele começou a fazer música com beat da internet e depois foi aprendendo a criar as próprias batidas. “Com o tempo, fiz cursos e arrumei um trampo na área. Trabalhei como técnico de som no teatro e me formei na faculdade como produtor fonográfico. Tudo isso me fez chegar até aqui: se eu não tivesse tocado bateria, eu não teria swing nas minhas levadas. Se não fosse a guitarra, eu não teria aprendido a tocar o teclado. Se não fosse a faculdade, eu não conseguiria inovar nas minhas harmonias. Sem o tempo que passei trabalhando como técnico de som, eu não teria aprendido a masterizar e mixar”, reflete ele. 

Processo criativo e inspirações

Processo criativo e fé podem estar interligados? No caso de Caio Passos totalmente. “Antes de entrar no estúdio, sempre faço uma oração, peço perdão e agradeço a Deus. Depois gosto de preparar o ambiente para que a música nos faça. Não somos nós que fazemos as músicas. Por isso, é preciso estar com uma áurea boa pros artistas se sentirem confiantes. Fazer música é algo muito espiritual”.

Uma das maiores inspirações dos jovens de todas as quebradas é o Racionais MCs, que também é uma grande influência para Caio Passos. “Um amigo meu que está tirando uns dias me deu o “Nada Como Um Dia Após o Outro Dia”, do Racionais e esse disco mudou totalmente a minha vida. Não importa se eu vou vender CD, tocar algum instrumento ou ser beatmaker, quero fazer parte do universo da música”. No mundo das produções, quem o inspira é o Metro Boomin. “Quero ser que nem ele, colocar a cara nos videoclipes, ser um artista reconhecido não só nos bastidores. Quero lançar tudo no meu canal pras pessoas conhecerem“. 

Projetos futuros e conselho para molecada 

“Estou cada vez mais absorvendo conhecimentos com grandes mestres da área, eles estão me orientando para ter as melhores escolhas para conseguir expandir os meus trabalhos, então fiquem ligados que muitas parcerias estão por vir”.

Para concluir o papo, o produtor musical e beatmaker mandou um salve e passou um conselho para a molecada de quebrada: “Menor, se eu faço isso é para ser sua referência. Sei que você está passando por muitas dificuldades, a depressão pode te afogar, mesmo assim não desista, se todos à sua volta te abandonarem, seja fechado com Deus. Lembre-se, tenha foco no seu objetivo, estude o máximo sobre música, busque inovações, não fique acomodado com suas técnicas e lembre-se sempre de colocar o seu conhecimento adiante”. 

Acompanhe Caio Passos no Instagram 

Tags relacionadas:

Matérias