Entenda o que é k-pop e a importância do grupo BTS

Autor: Gabriela Ferreira

Fotos por: Divulgação // Big Hit Entertainment

Musica | 24/05/2019 13:20:05

Anexo faltante

Talvez você já tenha ouvido ou lido a palavra kpop aí pela vida, ou talvez você já esteja familiarizado com o BTS, o grupo de k-pop (pop coreano) mais conhecido atualmente. O coletivo já veio ao Brasil três vezes, e agora, em sua quarta visita, que acontece neste fim de semana, o BTS conseguiu vender todos os ingressos pros dois shows que acontecem no Allianz Parque, com capacidade para mais de 50 mil pessoas. Doido, né? Se você não manja muito sobre eles, vem cá que nós do Portal KondZilla te explicamos um pouco sobre o porque desse fenômeno.

O k-pop tá sendo muito falado nos últimos dois anos, mas essa indústria começou a se firmar bem antes. A galera costuma separar o k-pop em gerações: a dos anos 1990 e 2000, com grupos como H.O.T, Ses e Sechskies. A segunda geração engloba os grupos dos anos 2001 até 2008, do tipo Girl’s Generation, Super Junior e SHINee A terceira reúne grupos como 2NE1 e f(x).

Já a quarta geração já chega onde queremos. Ela pega os anos de 2012 até 2014, e tem como os principais grupos o BTS (que vem ao Brasil), o EXO, o Red Velvet e o Mamamoo. A quinta geração, que tá rolando até agora, vem com o Twice e o Blackpink.

Essas divisões são importantes pra entender os contextos que os grupos surgiram. Na época do BTS em 2012, por exemplo, o k-pop explodiu mundialmente por causa de “Gangnam Style”, do Psy, que viralizou. Esse sucesso influenciou muito e abriu muitas portas pros grupos de k-pop que foram surgindo. Uma das coisas notáveis é que tanto o estilo musical, como o de se vestir dos meninos se tornou mais “ocidentalizado”, o que foi o diferencial para eles explodirem nos Estados Unidos.

O nome do grupo é BTS, só que eles também são conhecidos como Beyond The Scene, Bangtan Boys ou Bulletproof Boys Scout. O grupo é formado por Jin, J-Hope, RM, Jungkook, Jimin, Suga e V. Eles “debutaram”, ou melhor, lançaram seu primeiro trabalho, em 2013, com o lançamento do videoclipe de “No More Dream“, do EP “2 Cool 4 Skool”. Dai pra frente é história, até que 2016, eles lançaram seu segundo disco, “Wings“, que estreou em primeiro lugar no iTunes em 26 países, e alcançou a lista Hot 200 da Billboard. Além disso, o BTS é frequentemente colocado como o assunto mais comentado no Twitter e isso os rendeu um prêmio no Billboard Awards, o que fez com que eles se tornassem o primeiro artista coreano a conseguir esse feito. Em 2018, eles lançaram o videoclipe de “Idol”, que se tornou o clipe mais visto nas primeiras 24h de lançamento da história do YouTube.

Em abril de 2019, os Bangtan Boys lançaram mais um EP, o “Map of the Soul: Persona”, que eles vem divulgar aqui no Brasil. Com esse disco, eles alcançaram os Beatles na marca de conseguir colocar 3 discos no topo da Billboard em menos de um ano.

É por essas e outras que o BTS é um dos mais importantes grupos de pop, não só da Coreia do Sul, como de todo mundo, até porque já faz anos que o BTS não tá restrito lá pra Ásia. E por falar nisso, o fenômeno deles, e do k-pop num geral, que chegou até no funk. Se você não sabe do que que eu to falando, se liga na entrevista que fizemos com o DJ Malharo, o produtor de funk que se inspira no k-pop.

Algumas estrelas do k-pop manjam um pouco de música brasileira, e querem estreitar laços com os artistas daqui. Quem sabe num futuro próximo isso não aconteça?

O quê você
procura?