Beyoncé lança documentário de apresentação histórica em festival

Autor: Gabriela Ferreira

Fotos por: Reprodução

Musica | 18/04/2019 12:13:20

Anexo faltante

Ano passado, o mundo parou pra ver a Beyoncé voltar aos palcos. E como ela não é qualquer uma, a artista marcou sua volta com um show histórico no Coachella, um dos maiores festivais de música do mundo. Agora, a cantora lança um documentário chamado “Homecoming”, com a Netflix, mostrando os bastidores do ‘Beychella’, como foi carinhosamente apelidado o show pelos fãs. Além do filme, a cantora liberou o disco ao vivo da apresentação, que conta com 40 músicas.

A apresentação, que durou quase duas horas e por si só já foi histórica. Beyoncé também fez um grande feito na história do festival ao ser a primeira mulher negra a ser atração principal do evento. Na real, a cantora ia se apresentar no Coachella em 2017, mas descobriu que estava grávida de seus gêmeos e precisou adiar o show. Nem parece, mas quando se apresentou ano passado, a Bey tinha parido só há quatro meses e já tava naquele pique todo.

Além de agradecer por ser a primeira negra headliner do festival, Beyoncé aproveitou seu espaço para empoderar a população negra e botou pra tocar um discurso do Malcolm X, um dos maiores defensores dos direitos dos negros nos Estados Unidos.

No show, Bey passou por todas as partes de sua carreira, desde “Crazy in Love“, até os sucessos do “Lemonade”, seu disco mais recente até então. Além disso, ela ainda reuniu o grupo Destiny’s Child pela primeira vez desde o fim do grupo, em 2005, pra cantar seus maiores hits, como “Soldier” e “Say My Name“. Outras participações importantes no show foram as de Jay-Z, o marido dela, e Solange, a irmã.

O documentário mostra realmente toda a história por trás do show, um pouco da vida da Beyoncé com seus filhos mais novos, Rami e Sir, e como a gravidez foi difícil e todos os perrengues que ela passou e ninguém ficou sabendo. Além da vida pessoal, que Beyoncé pouco mostra para o público, podemos entender mais sobre como ela planeja sua carreira e a correria que é ser uma das maiores artistas do século.

Leia também:
Vai, Malandra! Anitta vira série do Netflix
Netflix revela elenco da série “Sintonia”
Spike Lee rouba a cena no Oscar 2019

O quê você
procura?