Jornalismo nacional está de luto, Ricardo Boechat morre aos 66 anos

Notícias 11/02/2019

Hoje todo o Brasil e, principalmente as pessoas que trabalham com jornalismo, receberam a triste notícia que o jornalista Ricardo Eugênio Boechat, ou Ricardo Boechat como é conhecido, morreu após a queda de um helicóptero que o jornalista se encontrava na Rodovia Anhanguera.

O acidente aconteceu na parte da manhã, mas os bombeiros, em respeito a família da vítima, só noticiaram no começo da tarde desta segunda-feira, 11 de fevereiro. A aeronave estava vindo de Campinas, interior do estado, onde Ricardo estava ministrando uma palestra e se dirigia aos estúdios da Band, localizado no Morumbi. Na queda, colidiram ainda com um caminhão. O motorista esta ferido mas sobreviveu, enquanto o apresentador e o piloto não resistiram.

Ricardo Boechat era apresentador do Jornal da Band, da rádio BandNews FM e colunista da revista ISTOÉ. Foi ganhador de três prêmios Esso, a mais importante premiação concedidas a profissionais de imprensa no Brasil. Boechat também foi o recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se, sendo o único a ganhar oito prêmios em três categorias diferentes ( âncora de Rádio, Colunista de Notícia e âncora de TV). Ele também trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo”, “Jornal do Brasil” e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo, na década de 1990.

Alguns companheiros de área e de trabalho lamentaram a morte do jornalista em suas redes sociais:

Ricardo Boechat deixa família e seis filhos. A KondZilla está de luto pela morte trágica do profissional e se solidariza com a família do jornalista.

Autor:
Redação

Comentários