Sintonia

“Há tempos que os jovens de periferia estão sendo massacrados”, diz Bruna Mascarenhas

29.11.2021 | Por: Thais Prado

Uma das protagonistas da série mais braba da Netflix, a Ritinha de Sintonia deu o papo em uma entrevista para o NaTelinha. Cola no portal da KondZilla e pega a visão.  Desde que Sintonia estreou na Netflix, uma das personagens que mais viu sua trajetória mudar de foco foi Rita, interpretada por Bruna Mascarenhas. Ainda na primeira temporada, ela virou evangélica e, na segunda, passou a ser uma importante voz na igreja e na periferia de São Paulo.

Em entrevista, Bruna Mascarenhas falou sobre as dificuldades dos jovens na periferia do Brasil, exatamente o que a série da Kondzilla mostra. “Há tempos que os jovens de periferia estão sendo massacrados. O estado muitas vezes não chega às comunidades com educação, cultura, saúde, assistência psicológica e vontade de realmente mudar as estruturas desses sistema que já está falido, perdido e sem perspectiva. Já chegam chutando a porta e colocando todos numa mesma caixinha, sem olhar para o ser humano que tem família, trabalho e sonhos. Falta oportunidade e me parece que os órgãos públicos não se preocupam com isso como deveriam. A arte sempre foi colocada num lugar marginal, mas sabemos como ela pode ser resistência e como através dela a gente pode ajudar a transformar uma sociedade”, disse Bruna. 

Leia também: Vai ter terceira temporada de “Sintonia”, sim!

Ao falar de Rita, Bruna relembrou como foi passar no teste para ser uma das protagonistas de um fenômeno brasileiro sem nunca ter aparecido na telinha antes. “Eu tinha me mudado recentemente para São Paulo e, em quatro dias morando na cidade, já estava empregada em um restaurante. Na última semana do período de experiência, me ligaram para o teste que seria realizado no dia seguinte. Eu fiz o teste na quarta, na quinta já estava fazendo prova de figurino e maquiagem. No mesmo dia, recebi a aprovação e pedi demissão do restaurante. Acho que foi o teste mais tranquilo e confiante que já fiz na minha vida. O Johnny, diretor de Sintonia, sempre diz pra mim que quando me viu andando, antes mesmo de qualquer exercício, ele já tinha certeza de que era eu”, contou. 

E para quem não conhecia Bruna Mascarenhas, ela tem uma trajetória importante no mundo das artes. Dançou Balé Clássico por 14 anos, se formou na faculdade de artes cênicas da CAL (Casa de Artes de Laranjeiras), no Rio de Janeiro, participou de vários projetos, brilhou em Sintonia e segue para a terceira temporada da série. 

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA