Matérias

Favela Marte será a 1ª do Brasil a utilizar energia solar

01.04.2022 | Por: Janaine Fernandes
Favela Marte será a 1ª do Brasil a utilizar energia solar

A iniciativa da implantação dos painéis de energia solar está sendo liderada pela ONG Gerando Falcões

Favela Marte será a 1ª do Brasil a utilizar energia solar

E mais uma vez a quebrada se destaca!

Graças a uma ação da ONG Gerando Falcões, a Favela Marte, será a primeira comunidade do Brasil a utilizar a energia solar.

A iniciativa surgiu através de um projeto-piloto chamado Favela 3D (Digital, Digna e Desenvolvida) e o objetivo da organização é que este programa seja replicado em mais de 300 favelas brasileiras.

A Favela Marte fica localizada no interior de São Paulo, na cidade de São José do Rio Preto (SP), e estima-se que cerca de 240 casas desta quebrada receberão painéis de energia solar.

“Por ser uma favela dentro de um lugar nobre, a ideia do sistema foi sempre a reintegração de posse e nunca uma ação de pra tentar resolver nossos problemas”, comenta Benvindo Nery, morador da comunidade.

O resultado dessa ação é a economia de até R$ 6 mil por ano em gastos com luz elétrica para cada família contemplada.

Através do projeto, a ONG Gerando Falcões tem como meta inserir este programa em mais de 300 favelas em todo o Brasil.

Em parceria com o governo estadual, o projeto Favela 3D se estenderá até 2023, prazo para conclusão das obras.

Nina Rentel, diretora de tecnologias sociais da Gerando Falcões, explicou que a ideia do Favela 3D é construir favelas inovadoras por meio da tecnologia e da sustentabilidade.

“Em 2020 começamos a ver de perto o agravamento da pobreza. A gente viu as favelas do Brasil entrando no mapa da fome, filas e filas nas unidades da Gerando Falcões pedindo ajuda. Quando você vê um choque econômico desses trazendo as pessoas para uma situação de pobreza só vista antes dos programas como bolsa família e outros, foi uma chamada de um cenário de urgência. Se a gente estava trabalhando para seguir melhorando o cenário, a pandemia obrigou a gente a olhar com muito mais atenção para esse lugar”, comenta Nina.

Favela Marte será a 1ª do Brasil a utilizar energia solar
Nina Rentel e Edu Lyra – Gerando Falcões (Foto: Reprodução)

Mais casas e mais empregos

Além da implantação dos painéis de energia solar, o projeto também visa construir novas moradias no local.

Para que a implementação das placas seja feita com sucesso, será preciso antes a construção de casas mais dignas aos moradores.

Ao todo, a estimativa é que sejam gastos cerca de R$ 58 milhões, sendo R$ 28 milhões do governo do Estado de São Paulo, R$ 15 milhões da prefeitura de São José do Rio Preto e R$ 15 milhões arrecadados pela ONG Gerando Falcões com a iniciativa privada.

E pra quem acha que as novidades do projeto acabaram aí, está enganado!

Além de casa e energia, o projeto Favela 3D pretende gerar até 350 empregos para as pessoas que vivem no local.

“Estamos trabalhando em um curso de lideranças comunitárias para ajudar nas transformações. É a forma de garantir que essas 240 famílias façam parte da solução”, completou Nina Rentel, diretora de tecnologias sociais da Gerando Falcões.

Atualmente, existem quatro pilotos sendo executados, mas no Favela Marte o projeto continua de forma mais completa.

A Favela Vergel do Lago (Maceió), Morro da Providência (Rio de Janeiro) e Favela dos Sonhos (Ferraz de Vasconcelos), também recebem o programa.

No site da ONG Gerando Falcões, existe uma aba para se informar sobre o andamento do projeto.

E se você quer apoiar o Favela 3D ou a Gerando Falcões, no mesmo site você pode deixar a sua doação e ficar atento sobre as parcerias e o que o programa vem desenvolvendo.

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA