Notícias

Explicando em detalhes: Dia da Favela

04.11.2021 | Por: Redação

Nesta quinta-feira, 4 de novembro, é comemorado o Dia da Favela. A data é oficializada em São Paulo e no Rio de Janeiro, mas hoje em dia, é lembrada em diversas quebradas do país e serve para relembrar a luta e a resistência das favelas. Pega a visão:

O dia 4 de novembro foi escolhido para celebrar o Dia da Favela porque o termo favela apareceu pela primeira vez em um documento oficial neste mesmo dia, em 1900, quando o delegado da 10ª Circunscrição e chefe de polícia da época redigiu um documento se referindo ao Morro da Providência como favela. 

Considerada a primeira quebrada do Brasil, A Providência, localizada na zona central do Rio de Janeiro, começou a ser povoada alí entre o finalzinho dos anos 1880 e 1890, por ex-escravos após a abolição da escravatura e pelos soldados sobreviventes da Guerra de Canudos. 

Antes da guerra, o governo havia prometido casas aos soldados do Rio de Janeiro que voltassem vitoriosos. Quando os sobreviventes voltaram para o Rio em 1987 e não viram a promessa ser cumprida, eles ocuparam uma região do morro. 

O termo foi se espalhando a outros morros e a partir de 1920, as ocupações de colinas com barracos e casebres passaram a ser reconhecidas como favelas.

O nome favela foi inspirado em uma planta

O nome “favela” surgiu por conta de uma planta do mesmo nome, originária da região de Canudos. A faveleira é uma planta medicinal, da Caatinga e pode ser encontrada em alguns lugares dos estados da Bahia, Paraíba, Pernambuco e Piauí. Dependendo do lugar, a planta também pode ser conhecida como favela, ou favela-de-cachorro. 

A data, celebrada em diversas quebradas do Brasil, serve para relembrar as lutas do povo favelado ao longo de todos esses anos. 

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA