Matérias

Dia da Mulher Negra, Latina e Caribenha: Conheça 10 cantoras para colocar na playlist

25.07.2021 | Por: Thais Prado

Em 1983 aconteceu no Peru o II Encontro Feminista da América Latina e do Caribe, e quatro mulheres do Rio de Janeiro acolheram a tarefa de levantar a questão da discriminação racial como um fator de desigualdade entre as mulheres, além da desigualdade de classe. Com essa missão, ganharam a simpatia de outras mulheres negras e indianas também presentes ao encontro, que decidiram se juntar às brasileiras.

Dessa reunião resultou o Comitê de Mulheres Latino-Americanas e Caribenhas contra a Discriminação Racial. Revolucionando o presente e o futuro, e para dar visibilidade à luta das mulheres negras contra a opressão de gênero, a exploração e o racismo, foi instituído em 1992 o Dia da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha, no mesmo ano data foi reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU). Cola no Portal KondZilla e pega a visão. 

Trazendo o rolê para o lado da música

Nascida em Barbados, Robyn Rihanna Fenty é uma das mulheres Latinas e Caribenhas de maior sucesso. Cantora, compositora, atriz e empresária com mais de 275 milhões de obras musicais comercializadas em todo o mundo, Rihanna faz parte da lista dos dez artistas musicais mais vendidos de todos os tempos.

Mas, para além de Rihanna, conheça 10 cantoras latinas e caribenhas para colocar na playlist:

1- KRISIRIE

A artista de 23 anos começou a publicar suas músicas online em 2015. A primeira delas é “Wind Blows”, que chegou a 70 mil streams no SoundCloud. Suas influências musicas são Bob Marley, Beres Hammond, The Weekend, Sade, Ella Fitzgerald e Drake.

2- NIKITA

Nikita nasceu em uma família de músicos e, por isso, cresceu rodeada por todo tipo de música. Influenciada por tantos ritmos, ela criou um som próprio, que mistura elementos do soul, pop, R&B e o soca, gênero musical originado em Trindade e Tobago. A artista tem como principais divas as cantoras Alicia Keys e Chrisette Michele.

3- SHANTA PRINCE

Shanta começou a fazer barulho em Barbados no ano de 2014, quando sua faixa “Stush” lhe rendeu um lugar na semifinal de uma competição de Soca. Depois disso, ela venceu como revelação no Barbados Music Awards e, no momento, é uma das cantoras caribenhas mais conhecidas pelas ilhas vizinhas.

4- FAITH

Antes de dedicar-se à música, Faith era modelo de calendário sensual. Só em 2016 ela começou a tocar em pequenos estabelecimentos, até ser convidada para se apresentar no circuito de hotéis de Barbados. Atualmente, ela é reconhecida em seu país e lançou seu primeiro disco “Memories”.

5- BECKY G

Mesmo a cantora tendo nascido em Inglewood, cidade situada no Estado da Califórnia, seu sangue latino sempre falou mais alto. Tanto que ela começou a carreira fazendo pequenos covers em inglês na internet, atividade que manteve até ser descoberta por um olheiro. De lá pra cá Becky emplacou single atrás de single nas listas de mais tocadas do rádio. E, resgatando as origens de sua família, majoritariamente mexicana, adotou o espanhol como seu idioma oficial.

6- GREEICY

Vencedora da edição de 2018 do reality “Mira Quién Baila” (versão mexicana do “Dancing With The Stars”), a cantora nasceu na cidade de Cali e desde sempre se mostrou interessada em seguir carreira na música. Reunindo ótimas parcerias em pouco mais de um ano de carreira (entre elas Nacho, Anitta e David Bisbal), a cantora é super cuidadosa com a estética de seus trabalhos.

7- ROSALÍA

Rosalía Vila Tobella, é uma cantora, compositora e produtora musical espanhola. Conhecida por suas interpretações modernas da música flamenca, Rosalía cruzou fronteiras linguísticas depois de receber elogios de influenciadores internacionais e colaborar com artistas como Travis Scott, J Balvin, Pharrell Williams, James Blake e Ozuna.

8- SHONTELLE LAYNE

Shontelle Layne ficou famosa após escrever e participar da música “Roll It” com a cantora Rihanna e o grupo extinto J-Status com isso conseguiu o seu primeiro contrato profissional com a SRC/Motown.

9- DAYMÉ AROCENA

Daymé Arocena é uma cantora de jazz afro-cubana premiada. Daymé foi descrita como a “melhor jovem cantora de Cuba”. Ela ganhou o Juno Award de 2015 pelo melhor álbum de jazz, como membro da banda de jazz Maqueque.

10- CALYPSO ROSE

Calypso Rose começou a escrever músicas aos 15 anos, e ao longo dos anos, compôs mais de 800 músicas e gravou mais de 20 álbuns, e também é considerada a “mãe do calipso”.

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA