Música

AFROPUNK anuncia primeira edição brasileira do Festival na Bahia

25.10.2021 | Por: Redação

O AFROPUNK aterrissou na Bahia! Considerado um dos maiores festivais de cultura negra do mundo, o evento acontece dia 27 de novembro de 2021 em um formato totalmente online. Cola no Portal KondZilla e pega a visão. 

O icônico festival AFROPUNK está se preparando para chegar com tudo na Bahia e o primeiro passo será a realização de uma edição virtual em 2021. O evento estava programado para acontecer presencialmente no novo Centro de Convenções de Salvador, mas a pandemia alterou um pouco os planos. 

Com apresentações gravadas no espaço, sem público, o maior festival de cultura negra do mundo será transmitido gratuitamente pela internet. A estreia oficial acontece dia 27 de novembro (sábado), sendo transmitida virtualmente direto do Centro de Convenções de Salvador, pelo canal de YouTube do AFROPUNK e pelo site

Em comunicado de imprensa, o festival apresenta o objetivo de sua realização: “Nossa missão é celebrar e impulsionar, hoje e sempre, a genialidade das expressões artísticas dos povos nascidos na diáspora africana e os nossos irmãos originários do lugar sagrado que hoje chamamos de Brasil”. 

É dessa forma que o AFROPUNK Bahia se apresenta, potente e presente, voltando seu olhar para o legado cultural que o país carrega, a partir da cidade com a maior comunidade de negros e negras fora do continente africano, Salvador. 

Para 2021, o AFROPUNK amplia a comunicação do movimento para outros gêneros musicais e potencializa as autênticas manifestações artísticas do nosso povo. Enquanto se prepara para um evento 100% presencial em 2022, a edição de estreia prepara uma experiência totalmente online para ecoar de Salvador para o resto do país e mundo. 

Entre shows de performances ao vivo e outros conteúdos previamente gravados, o AFROPUNK Bahia constrói espaços para exaltar os protagonismos pretos e afroindígenas, reunindo grandes talentos. A direção criativa é assinada por Bruno Zambelli e Gil Alves, enquanto a curadoria musical fica por conta da cantora Larissa Luz e a de conteúdo pela pesquisadora Monique Lemos. Já Ênio Nogueira fica à frente da direção musical. 

Para compor a missão de estabelecer a presença brasileira, o festival inaugurou um perfil oficial no Instagram e Twitter. Trata-se dos primeiros e únicos perfis de outro país relacionados ao AFROPUNK. A proposta deste canal é conceber uma vitrine em conjunto com o público, em uma linguagem acessível e bem brasileira, ecoando conteúdos que comuniquem um AFROPUNK Brasil. 

Em breve, mais informações sobre a programação. Não deixem de ficar ligados aqui mesmo no Portal KondZilla, e quaisquer novidades traremos pra vocês em primeira mão.

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA