Notícias

Adolescente de 14 anos morre durante operação policial em São Gonçalo, RJ

20.05.2020 | Por: Redação

Na tarde de segunda-feira (18), o adolescente João Pedro Matos, 14, morreu em meio a uma operação da Polícia Civil e da Polícia Federal no Complexo do Salgueiro, São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro. O garoto estava brincando na casa do tio quando levou um tiro na barriga. Vídeos mostram a casa com marcas de tiro. Polícia justifica troca de tiros com criminosos.

A família de João Pedro teve a notícia enquanto estava no trabalho. Os pais disseram em entrevista que o garoto e família estavam em casa nesses dias, respeitando a quarenta, quando o primo de João o convidou para brincar em sua casa a tarde.

Segundo depoimento da família a UOL, a tia de Pedro disse que o garoto se assustou ao ver a polícia invadir a casa. “Eles (primo e João) estavam no quinta da casa. Ele se assustou com o policial, e o policial atirou na barriga dele. Até agora não sabemos de nada. Se ele morreu no local, caminho do hospital”, relatou Georgia, Tia do João.

A família do garoto ficou mais de 17 horas sem ter informações de seu paradeiro. O resgate aconteceu por helicóptero, mas não foi permitido acompanhantes no voo. Os pais procuraram em diversos hospitais e só o encontraram no IML.

A ação no morro visava cumprir dois mandados de busca e apreensão. Segundo os policiais, traficantes tentaram fugir pulando o muro de uma casa, enquanto disparavam e arremessavam granadas contra os policiais. No dia seguinte, a polícia voltou a comunidade para mais uma ação.

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, se manifestou na terça (19) no Twitter lamentando a morte de João Pedro.

Jovens Mortos

Infelizmente, jovens vem sendo mortos por tiros de ações policiais nos morros cariocas. Já comentamos que em 2019 tivemos uma semana com pelo menos 6 jovens mortos, todos em ações policiais. Mostramos também o caso da Ágatha Felix que levou um tiro nas costas enquanto estava com o tio num carro. Agora, temos o caso de João Pedro, morto em meio a crise do coronavírus por uma ação do estado.

Essa violência precisa parar de matar os jovens deste país. A KondZilla lamenta a morte de João Pedro e envia os sentimentos aos familiares.

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR TECNOLOGIA