Funk

29 de abril: Dia Internacional da Dança

29.04.2022 | Por: Janaine Fernandes

No Dia Internacional da Dança, a Kondzilla separou alguns dançarinos de quebrada para você acompanhar.

O Dia da Dança foi criado em 1982 pelo Comitê Internacional da Dança (CID) da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

29 de abril foi escolhido como Dia Internacional da Dança em homenagem a data de nascimento de Jean-Georges Noverre (1727-1810), mestre do balé francês.

A data de hoje é destinada a homenagear uma das manifestações artísticas mais potentes que existem, que é a dança.

Este tipo de manifestação artística tem o poder de expressar emoções, apresentar culturas, por meio de corpos, ritmos e coreografias diferentes.

Atualmente, existem diversos estilos de dança diferentes, cada um com a sua própria personalidade, e o dia internacional da dança busca valorizar cada uma dessas identidades distintas.

Então, aproveita pra conferir a lista de profissionais da dança que a Kondzilla separou pra vocês:

Renata Prado

29 de abril: Dia Internacional da Dança
Renata Prado (Foto: Luan Batista)

Dançarina e Professora de funk, Renata Prado é uma das maiores referências quando falamos de levar o funk, a cultura periférica para além da margem.

Moradora do Itaim Paulista, na zona leste de São Paulo, ela foi a primeira mulher negra a dançar funk no teatro municipal de São Paulo, protagonizando um marco histórico.

O trabalho que Renata realiza vai muito além de ensinar sobre o rebolado, ela leva o funk para dentro da escola de forma pedagógica, ensinando a origem do ritmo e tudo o que ele representa.

Aproveite e confira uma de suas aulas:

Rubens Oliveira

29 de abril: Dia Internacional da Dança
Rubens Oliveira (Foto: Reprodução)

Bailarino, coreógrafo, diretor e arte educador, Rubens Oliveira foi o grande responsável por trazer o Gumboot Dance para o Brasil.

Interessado na pesquisa sobre Gumboot, o artista foi à África do Sul para intensificar sua pesquisa direto na fonte.

No seu retorno ao Brasil, Rubens formou o Grupo Gumboot Dance Brasil, que desde então tem rodado por diversas cidades apresentando e ensinando a técnica.

Além disso, este é o único grupo do país e um dos raros no mundo a pesquisar essa dança.

No instagram @gumbootdancebrasil ele compartilha um pouco mais sobre o Gumboot. Confira:

Theodora Dias

Theodora Dias (Foto: Rodolfo Magalhães)

Coreógrafa, dançarina, maquiadora e modelo, com certeza você já deve ter visto o rostinho de Theo brilhando por aí.

A artista é bailarina de Gloria Groove e Urias e cada vez mais vem conquistando seu espaço na dança e mostrando todo seu talento.

Não é de hoje que Theodora está na cena da dança, sua história com esse tipo de manifestação artística começou bem cedo.

No seu instagram, ela compartilha um pouco seu trabalho e segue inspirando pessoas de todas as idades.
Aproveite pra conferir uma de suas aulas:

​Guilherme Freitas

Guilherme Freitas (Foto: Rodolfo Magalhães)

Gui Freitas tem 24 anos, é coreógrafo, professor e bailarino, e desde 2017 tem expressado a sua arte através da dança.

Guilherme já realizou diversos trabalhos importantes, e atualmente segue sendo bailarino e coreógrafo da cantora Lia Clarck, Kika Boom e Quebrada Queer.

As redes do artista são regadas de aulas e momentos especiais envolvendo seu trabalho. E nos comentários, além de parabenizar o dançarino, a galera deixa mensagens se inspirando em suas apresentações.

Confira uma de suas performances:

PUBLICIDADE Flowers

Veja também

PUBLICIDADE Flowers
ARTE E CULTURA MÚSICA MODA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS EMPREENDA ENTRETENIMENTO SAÚDE E BEM-ESTAR COMPORTAMENTO