Perifacon, a CCPX da favela


Fãs de quadrinhos, séries e filmes e todos os admiradores do universo geek se reuniram em umas das principais quebradas de São Paulo para contemplar o PerifaCon. Apelidado de "CCXP da Favela", o evento aconteceu no dia 24 de março, na Fábrica de Cultura do Capão Redondo, e juntou um público que ia de crianças até os mais velhos que se amarram nesse universo. O Portal KondZilla encostou e trouxe tudo que rolou na primeira edição da conferência.   Em uma fila que dobrava a esquina da Fábrica de Cultura do Capão, centenas de pessoas aguardavam ansiosamente para fazer seu credenciamento e entrar no evento. Uma das minhas dúvidas principais antes do evento era. “Será que a galera vai mesmo se fantasiar para ir?” e olha, nos primeiros momentos minha dúvida sumiu. Tinha cosplay de todos os tipos, dos mais clássicos como de Batman e Homem-Aranha, até versão feminina do Super Choque, e até de Rosie Jetsons do desenho “Os Jetsons”.   O público presente era o mais diverso possível: de crianças de colo com seus pais até os próprios adultos sozinhos que subiam e desciam entre os andares da instituição. Tinha adultos jogando jogos de tabuleiro com crianças e adolescentes, e fazendo várias outras atividades, principalmente vendo as palestras que rolaram por lá.   O PerifaCon conseguiu atingir todos os objetivos: teve gente que saiu do extremo Leste, de Guarulhos e até de Santos para ir ao evento. Pequenos atrasos nas apresentações e debates não conseguiram apagar o brilho de um evento tão representativo como esse. Olha os dois menor na frente dessa foto e como já dizia o grande Emicida: “como eu vou dizer que o hip-hop morreu vendo isso?”

Vídeo Matéria

O quê você
procura?