Pro MC Rogê, o funk é união

Autor: Wenderson França

Fotos por: Léo Caldas

Musica | 15/05/2019 11:42:17

Anexo faltante

Um dos sucessos da cena do 150 BPM, MC Rogê, que viralizou com as músicas “Toma Toma Tá“, e “Coisas da Vida a Minha Ex Quer Virar A Minha Amiga“, trocou uma ideia com o Portal KondZilla sobre como ele chegou no funk e algumas curiosidades da sua vida, tipo, querer fazer uma parceria com pagodeiros. Chega mais pra conhecer um pouco sobre o parceiro.

Joacir Roger de Souza Gonçalves, mais conhecido como Mc Rogê, 17, nascido e criado no Rio de Janeiro, lembrou na conversa o início de sua carreira na música. “Meu primeiro contato com o funk foi com aproximadamente 8 anos, mas antes, eu já cantava música gospel na Igreja, cantava sertanejo, pagode e outros gêneros musicais”.

E você pode estar se perguntando como alguém estourado com apenas 17 anos, chegou ao funk? Ele próprio explica: “Foi uma escolha minha, no início eu admirava muito o Mc Rodson, mas a iniciativa casou com o dom que eu tenho pra música”.

O cara tá estourado mesmo, se liga: além das produções que solta sozinho, ele também já trampou com gente grande do cenário atual. Um exemplo é a música “Nossa Que Isso“, produzida por WC no Beat que conta também com a participação de Karol Conka, Djonga e Mc Rebecca. Se você tá achando pouco ainda tem “Pra Ela Sentar“, com Dj Pernambuco, que fez com que Rogê batesse o seu primeiro milhão com videoclipe produzido pela Kondzilla. “O funk é união”, explica o cantor sobre as colaborações. “Esses trampos foram muito importante porque eu já admirava o trabalho desses caras anteriormente. Considero eles como a minha família”.

Rogê conta que um dos seus sonhos é se tornar um ícone da música pro funk. “Eu quero ser grande tipo o que o Roberto Carlos”. O funkeiro ainda revela a paixão pelo pagode e diz querer colaborar musicalmente com cantores como Mumuzinho, Ferrugem e Dilsinho, ou seja, podemos esperar pelo artista em outra vertente a qualquer momento.

A paixão pelos fãs

Chegando a quase meio milhão de seguidores no Instagram, emocionado, Rogê solta a voz ao falar de seus fãs. “Eles são tudo na minha vida, meu sonho mesmo era poder ajudar cada um deles, eu tenho muitos seguidores que precisa e Deus vai me da essa oportunidade”. Para concluir a fala, o artista diz que se ficar um dia sem entrar nas redes sociais para trocar energias com seus fãs, “ele fica carente e entra até depressão”.

Bem articulado, o garoto Rogê que já é um sucesso disparado na cena do funk promete muito mais hits para um futuro bem próximo, inclusive vem aí mais um clipe pela KondZilla, com a participação de Mc Andrewzinho e Dj Teta. Fiquem ligados pois podemos esperar coisas grandes do menino carioca.

 

Acompanhe o cantor pelas redes: Instagram // Twitter

ASSINE A NEWSLETTER

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE DO NOVO PORTAL KONDZILLA!

O quê você
procura?