Prefeitura de São Paulo cancela carnaval de rua e mantém desfiles no Sambódromo
São Paulo – Cerca de 2 milhões de foliões curtem o pós carnaval com show de Cláudia Leite na Avenida 23 de Maio (Rovena Rosa/Agência Brasil) Créditos: Rovena Rosa/Agência Brasil
- Por Redação

Prefeitura de São Paulo cancela carnaval de rua e mantém desfiles no Sambódromo

Nesta quinta-feira (6), o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MBD) anunciou o cancelamento do carnaval de rua em São Paulo por conta do avanço da Covid-19 na cidade, após a chegada da variante ômicron, responsável pela maioria dos casos no Brasil. Pega a visão:

Depois de uma reunião com os representantes da Vigilância Sanitária e da Secretária Municipal de Saúde (SMS), que dissipou um estudo sobre o comportamento da Covid-19 na cidade nos últimos meses, o prefeito Ricardo Nunes (MDB) cancelou os blocos de rua da capital. Os dados apontaram um crescimento na contaminação por Covid-19. 

Apesar do carnaval de rua ter sido cancelado, a Prefeitura decidiu manter os desfiles das escolas de samba, que devem acontecer nos dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro, no Sambódromo do Anhembi. Essa decisão ainda vai ser discutida com a Liga. 

Nesta última quarta-feira (5), a Prefeitura do Rio tomou a mesma decisão: cancelar o carnaval de rua e manter os desfiles no Sambódromo. Outras cidades, como Recife, Olinda, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Ouro Preto, Salvador, São Luiz e São Luiz do Paraitinga também cancelaram o carnaval de rua.

Tags relacionadas:

Notícias