MC Jenifer se mudou para São Paulo para virar no funk
Créditos: Reprodução
- Por Redação

MC Jenifer se mudou para São Paulo para virar no funk

Sextou mais uma vez para alegria de todos e para se inspirar mais uma vez, o Conte Aqui Sua História da semana traz a história da MC Jenifer, a catarinense que ama o funk e segue na caminhada do funk melody em plena gestação. Chega mais no Portal KondZilla

“Me chamo Jenifer Aparecida de Souza, tenho 20 anos. Atualmente moro no Bairro Primavera, na cidade de Leme, interior de São Paulo, mas sou de Santa Catarina e morei minha infância inteira em Itajaí com minha avó. Comecei a cantar com 5 anos de idade e cantei na igreja evangélica até meus 15 anos, depois fui morar com meu pai para investir no meu sonho. Estou trabalhando para minha hora chegar.

Sempre gostei muito de cantar. Minha família sempre me falava sobre postar vídeos no YouTube pra me divulgar. Foi quando comecei a cantar todo tipo de música. Depois conheci um cara que a gente chamava de Brody, comecei a cantar funk e ele me ajudou a gravar alguns sons.

Não faz muito tempo que descobri minha gravidez, e parei de gravar por enquanto só até minha bebê nascer, mas o meu sonho sempre foi ser cantora.

Quando eu canto é como se eu colocasse meu sentimento todo na música e eu estou na espera e sei que posso conquistar isso. Quero levar verdades, coisas da vida, superações e tudo que eu aprendi para os outros. 

No momento estou grávida e minha filha vai nascer por esses dias. Então isso é mais um motivo pra eu correr atrás dos meus sonhos e dar uma vida boa pra minha família. Não tive incentivo no começo, mas depois, meu marido começou a me apoiar. Antes muitos desacreditaram de mim, hoje tenho muitos a favor. 

E pra todos que almejam algo, e tem um sonho de verdade, tenha fé nos próprios sonhos, não desista. Por mais difícil que pareça a caminhada, vá atrás porque nada é por acaso. Tristeza hoje, felicidade amanhã. Luta hoje e conquista amanhã”. 

Pegou a visão? Não deixe de mandar sua história pra gente no e-mail: conteaquisuahistoria@kondzilla.com e não esqueça de nos mandar suas fotos, contato e redes sociais. 

Tags relacionadas:

Histórias que inspiram