/ Matérias

Jogadores do PSG e Istambul deixam gramado após situação de racismo durante jogo; partida é remarcada para a tarde desta quarta-feira

- Por Da Redação

Jogadores do PSG e Istambul deixam gramado após situação de racismo durante jogo; partida é remarcada para a tarde desta quarta-feira

Na noite da última terça-feira (8), os jogadores do Paris Saint-Germain e do Istanbul Basaksehir deixaram a partida após o quarto árbitro ofender de maneira racista um dos jogadores do Istanbul. O momento foi histórico, e o jogo foi remarcado para o dia de hoje, às 14h55. 

A decisão de não jogar veio após o quarto árbitro, o romeno Sebastian Coltescu, ofender o camaronês Pierre Webó, ex-atacante e atual membro da comissão técnica do time turco. A situação aconteceu quando o jogador brasileiro Rafael, do Instambul, tomou um cartão amarelo, e os membros da equipe turca reclamaram da punição. Depois disso, segundo jornalistas romenos, o juiz pediu punição para Webó, que questionou o quarto árbitro: “Por que você falou preto?”. O atacante do senegalês Demba Ba também expôs sua revolta:”  Você nunca diz ‘esse cara branco’, você diz ‘esse cara’. Então por que você está mencionando ‘cara preto’?”.

Durante a paralisação do jogo, Neymar e Mbappe disseram que só voltariam a jogar caso o árbitro deixasse a partida. Depois de duas horas, o jogo foi remarcado para hoje, às 14h55 no horário de Brasília. 

Nas redes sociais, Neymar publicou uma foto com a legenda “Black Lives Matter” [Vidas Negras Importam] e o Istanbul Basaksehir também publicou uma mensagem antiracista nas redes.

Tags relacionadas:

Esporte