Inspirado no K-Pop, conheça o produtor Malharo

Autor: Jeferson Delgado

Fotos por: Reprodução // Instagram

Musica | 30/01/2019 13:44:39

Anexo faltante

Já mostramos diversos casos de pessoas que começaram a ter contato com o mundo da arte desde pequeno, com o produtor musical Malharo não foi diferente. O jovem carioca da Tijuca cresceu vendo seus pais sendo referências artísticas dentro de casa e hoje com seu figurino azulado e fã assumido de kpop, um gênero musical originado na Coreia do Sul, o jovem já produziu diversos sucessos como, “Novinha Você É Uma Flor“e “Tô Bem, Tô Zen“, Chega mais que o Portal KondZilla te conta sobre esse grande novo nome e sobre suas referências.

“Você conhece o Malharo?”. Provavelmente você já ouviu essa vinheta em algum hit que escutou por aí. Essa é a assinatura das produções de Raphael de Paula Rosa, 22, mais conhecido como Malharo. O jovem vem se destacando por produzir grandes trabalhos: MCs Thin e Alexandre, “Novinha Você É Uma Flor” (92 milhões de visualizações), Melody feat. Bella Angel, “Tô Bem, Tô Zen“ (104 milhões de visualizações) e “Vai Rebola”, também da Melody, que conta com 24 milhões de visualizações. Além das produções, o produtor se destaca pela variação de ritmos que produz, do funk mais mandelado até o pop.

“Minha mãe é bailarina, meu pai é músico e desde sempre eu fui conectado com a arte”, explica o produtor, em entrevista ao Portal KondZilla. “Eu sempre tava no meio da arte, aos 8 anos comecei a tocar teclado por incentivo do meu pai e aos 14 comecei a produzir, pesquisei como fazia e fui gostando”.

O garoto também despertou um interessante por cantar mas anos depois percebeu que produzir era sua praia. “Apesar de cantar e produzir, em 2014 eu senti que meu lado era mais da produção, então pensei vou investir mais na produção”. Em 2016, comecei a trabalhar com isso de verdade”. O produtor musical tem em seu currículo produções de quase todos os estilos musicais: trap, pop, reggaeton, bregafunk e o motivo é novamente por estar em um ambiente artístico.

View this post on Instagram

Throwbackterça 🙈💙

A post shared by VOCÊ CONHECE O MALHARO ? (@malharooficial) on

“Meu pai sempre foi músico, desde os 14 anos ele toca. Sendo assim, desde pequeno ele me colocava pra escutar tudo, desde AC/DC até Cartola. Me agarrava em tudo que escutava, de Miami Bass até um funk mais periferia, sou muito grato [por esse ensinamento do meu pai]”.

Por conta dessa gratidão ao pai, Raphael homenageou o próprio pai com o nome artístico. “Esse nome é herdado do meu pai, Douglas Malharo. Malharo é abreviação do sobrenome dele: MAchado magaLHAes ROsa”.


Foto: Reprodução // Instagram

Com todas as referências presentes na vida de Malharo, o jovem conheceu uma outra cultura que está se popularizando aqui no Brasil: o k-pop, abreviação de korean pop (música pop coreana ou música popular coreana). Esse é um gênero musical originado na Coreia do Sul, o termo é usado mais frequentemente em um sentido mais restrito, para descrever uma forma moderna da música pop sul-coreana, que abrange estilos e gêneros incorporados do ocidente como pop, rock, jazz, hip hop, R&B, reggae, folk, country.

“Lá em 2007, eu estava assistindo Speed Race e vi um artista de K-Pop, o Bi Rain. Gostei muito e fui pesquisar mais em revistas, então vi que ele era da cena K-Pop e viciei. Quando comecei a produzir, eu tinha muita referência no K-Pop e desse mundo”.

E se você acha que o visual azulado do jovem produtor tem a ver com a cultura coreana, aí que você se engana. Como todo adolescente que se vê representado em desenho animados, com Malharo não foi diferente. “Eu sempre tive uma ligação muito forte com azul, sempre me identifiquei com personagens da cor azul, Sonic, Mega Man. Um dia decidi pintar meu cabelo de azul, meu empresário me incentivou a pintar o bigode também, daí pintei e me senti um máximo, muito bonito. Hoje tem muita criança gostando, se divertindo”.

View this post on Instagram

GOD'S PLAN 🙏

A post shared by VOCÊ CONHECE O MALHARO ? (@malharooficial) on

Recentemente Malharo foi aos Estados Unidos para fazer um curso de produção musical e aprofundar seus conhecidos. “Foi maravilhoso, foi minha primeira vez, graças a Deus pude levar minha mãe também, foi uma experiência inesquecível, você volta com outra cabeça em relação aos projetos”. O jovem produtor vem cada vez mais se destacando e produzindo grandes hits que tocam em diversos lugares, do baile funk a baladas fechadas, hoje sendo um dos produtores musicais da KL Produtora, mesma produtora que revelou MC Bin Laden, MC Brinquedo e MC 2K.

Leia também:
A nova geração de DJs e produtores cariocas
Descubra a geração dos ‘MCs-produtores’

O quê você
procura?