Funk foi destaque no Prêmio Multishow 2019

Autor: Karolyn Andrade

Fotos por: Matias Maxx

KondZilla | 30/10/2019 12:58:13

Anexo faltante

Nesta terça-feira (29), aconteceu a 26ª edição do Prêmio Multishow, premiação que visa homenagear os maiores nomes da música brasileira. A cerimônia aconteceu no Rio de Janeiro e teve vencedores como Kevinho, DJ Rennan da Penha, Ludmilla e muita funk envolvido. Se você perdeu, cola no Portal KondZilla para ver os melhores momentos dessa celebração musical.

O tão aguardado evento começou no tapete roxo onde os artistas passaram com seus looks e levaram os fãs à euforia, além de ficarem perto dos ídolos conferiram os shows exclusivos que foram transmitidos pelo youtube do canal. Para abrir a noite, o  Kevin o Chris chegou cantando os maiores sucessos de sua carreira e não deixou ninguém ficar sem dançar. Logo depois, Pocah também chegou chegando com seus hits, e ainda teve a Tainá Costa junto do Mateus Carrilho para cantar “Toma“, o brega funk que fez todos dançarem. Já Jerry Smith roubou a cena cantando “Kikadinha“.

Os shows continuaram com apresentações de Vitão, Day, Carol Biazini e Yasmin Santos. Um dos grandes destaques da noite foi a nossa sapequinha Lexa, que ao lado de Pedro Sampaio, tocou seu mais novo hit, “Chama Ela“. Lexa ainda voltou e mostrou “Sapequinha” e “Provocar” durante a premiação. Poderosa sim ou não?

Para fechar os shows do tapete vermelho, o MC JottaPê chegou cantando o hino de “Sintonia”, “Te Amo Sem Compromisso“, do MC Doni, personagem que ele interpreta na série. Óbvio que ainda rolou “Sentou e Gostou” pra todos os cowboys do mandelão que estavam presentes.

A cerimônia foi comandada por Anitta e Paulo Gustavo, que deixaram a premiação mais divertida. A abertura ficou por conta do cantor Alok, em seguida teve a apresentação de duas grandes rainhas: Ivete Sangalo e IZA. A premiação ainda celebrou a mistura dos ritmos que são a cara do Brasil e pra isso, Perícles se apresentou com Baco Exú do Blues cantando “Flamingos” do último disco do rapper baiano, “Bluesman”.

Uma das apresentações mais esperadas da noite era de Kevinho e Anitta, com o hit “Terremoto“, desta vez o público viu o som de uma forma diferente. A música mais tarde levou o prêmio de “Clipe TVZ do Ano”,  e Kevinho subiu ao palco pulando e agradeceu aos fãs.

Um dos momentos mais emocionantes da noite foi o anúncio da “Canção do Ano”, da categoria especial do Super Júri, que foi para “Hoje Eu Vou Parar na Gaiola”, de MC Livinho e DJ Rennan da Penha. Lorenna, esposa do Rennan, subiu no palco para receber o prêmio e falou como o DJ iria se sentir melhor por ter seu trabalho reconhecido. No palco, as pessoas pediram liberdade para o Rennan da Penha e falaram que “DJ não é bandido”.

Quem levou o prêmio de “Música do Ano” foi Felipe Araújo e Ferrugem com “Atrasadinha“, o disco do ano ficou na conta do Black Alien com “Abaixo de zero: Hello Hell”.

 

Outro grande destaque do funk na premiação foi Ludmilla. A cantora levou duas categorias: “Música Chiclete”, com “Onda Diferente“, hit com Anitta e Snoop Dogg, e “Cantora do Ano”. A funkeira não conteve a emoção e dedicou o prêmio para todas as meninas faveladas, pediu para que todo mundo que saiu da favela não deixar que os outros determinem seus futuro e que todos precisam acreditar em seus sonhos. Lud ainda subiu no palco para cantar vários sons que marcaram sua carreira.

Para fechar a cerimônia o funk dominou tudo com um medley começando por MC Zaac, que se apresentou com ” Sexta do Mal“, depois Lexa chamou Glória Groove para cantar “Provocar”, um dos hits do carnaval de 2019. Para fechar, Luisa Sonza cantou “Fazendo Assim”.

O Prêmio Multishow 2019 foi uma grande homenagem à diversidade e ao funk. Com muitos shows de nomes conhecidos, discurso sobre o DJ Rennan da Penha e Ludmilla e Kevinho sendo premiados, a noite mostrou que o funk está cada vez mais forte na grande cena e que ninguém pode pará-lo.

O quê você
procura?