DJ Rennan da Penha continua preso após HC negado pelo STF

Autor: Redação

Fotos por: Jeferson Delgado // Portal KondZilla

Notícias | 29/08/2019 17:37:33

Anexo faltante

Aconteceu hoje o julgamento do habeas corpus do DJ Rennan da Penha pelo Supremo Tribunal Federal. Com 3 votos contra e um a favor, o DJ idealizador do Baile da Gaiola permanecerá preso. Este era um recurso em que a equipe do artista pedia que ele fosse julgado em liberdade.

Na sexta-feira, 23, os fãs e amigos do DJ fizeram nas redes sociais, a #LiberdadeRennandaPenha para prestar homenagem ao artista. A equipe do cantor também liberou um vídeo sobre a expectativa do julgamento que aconteceu nesta quinta. Pra você entender: como é pelo plenário virtual, o assunto entrou para os ministros que tinham até hoje, dia 29, para votar.

 

O habeas corpus foi julgado pela 1ª turma do STF: Rosa Weber, a relatora que negou o pedido do DJ; os ministros Alexandre de Moraes, Luiz Fux, apoiaram a decisão da Rosa e negaram o recurso também, enquanto o ministro Marco Aurélio, que votou a favor do HC do Rennan da Penha.

Atualização:  Luís Roberto Barroso votou apoiando a decisão da ministra em negar o Habeas Corpus, concluindo assim 4  votos a 1. Está decidido que o DJ permanecerá preso.

 

Rennan está preso na penitenciária Bandeira Stampa, conhecida como Bangu 9, no Complexo de Gericinó – Rio de Janeiro. O funkeiro enfrentou este mesmo processo em 2016 e foi absolvido em 1ª instância por falta de provas. Agora em abril de 2019, ele foi condenado em 2ª instância a passar seis anos e oito meses privado da liberdade.

Leia também:
Entenda o caso da prisão do DJ Rennan da Penha
Rennan da Penha envia carta para os fãs

Veja também:

O quê você
procura?