Depois de um acidente, MC Patif voltou pro funk pra passar a visão pra juventude

Autor: Redação

Fotos por: Acervo Pessoal

Conte aqui sua historia | 26/06/2020 12:01:26

Hoje no Conte Aqui Sua História, projeto que a KondZilla abre espaço pra você falar do seu corres, vamos conhecer mais sobre o MC Patif. Diretamente do Guarujá, ele carrega consigo as feridas da vida depois de um acidente, mas que nunca desistiu do sonho de ser MC. Chega mais.

“Salve família, me chamo Carlos, tenho 25 anos e sou mais conhecido como MC Patif, sou de Guarujá – São Paulo e vim resumir um pouco da minha história pra vcs.

Sempre tive o sonho de ser MC, desde pequeno sempre escutei funk, acompanho o Kondzilla desde o começo. A cada videoclipe que assistia aumentava meu desejo de me tornar um MC. O pessoal sempre me zoava quando eu dizia isso porque eu era muito tímido. Porém eu era muito novo e por não ter dinheiro para gravar minhas músicas, guardei aquele sonho por anos.

Tempos depois, em 2013, eu tava trabalhando em um mercado e conheci meu ídolo Kond, e naquele dia resolvi voltar com meu sonho do funk.

Foi no Estúdio Progresso Records do MC Gringo Jpsa que realizei o sonho de ter minhas letras produzidas.

Depois de ter minhas primeiras músicas e as coisas começando a andar, sofri um acidente. Sempre me perguntam sobre as cicatrizes que tenho no braço, são queimaduras de terceiro grau que tive causadas um incêndio que aconteceu na minha casa em 2014, são as tatuagens que a vida me deu.

O acidente quase me fez desistir do funk, mas voltei a cantar por causa dos meus fãs e porque eu sabia que ainda não tinha dado nem 1% da minha capacidade no funk. Meu sonho é levar a visão pra todos os menor de comunidade.

Tantos anos tentando e agora em junho a vocalista do Bonde do Forró, Juliana Bonde, dançou minha música “Soltinha” na live dela. Depois disso começou a chover proposta de produtoras. Nunca desistam dos seus sonhos!”

MC Patif é a prova de que quem sonha consegue, depois de muitas situações difíceis na vida, ele não desistiu do sonho de viver do funk e está começando a colher os frutos dele. Se identificou com a história dele? Manda a sua pra gente no e-mail conteaquisuahistoria@kondzilla.com com suas fotos, redes sociais e o contato pra gente falar com você.

Acompanhe o trabalho do MC Patif nas redes sociais: Instagram

O quê você
procura?