"Dentro da música encontrei o funk, e o funk me fez ser sonhador", diz MC Elias QZS

Autor: Redação

Fotos por: Acervo Pessoal

Conte aqui sua historia | 17/01/2020 15:17:10

Anexo faltante

A KondZilla abre as portas pra você contar a sua história de vida pra inspirar geral com o projeto Conte Aqui Sua História. Quem chega pra passar a visão hoje é o MC Elias QZS, cria de Ribeirão Pires que sonha em estourar no funk.

“Me chamo Elias Carlos da Silva Neto, tenho 22 anos, moro na região do Sacomã, próximo a comunidade do Heliópolis. Estou na caminhada do funk desde 2012, quando comecei a escrever umas músicas em cima de um beat, mostrei pra alguns amigos meus e eles me deram um incentivo.

Na época eu não trabalhava, somente estudava e morava no Jardim Caçula, Bairro de Ribeirão Pires, onde cresci. Na época eu não tinha estrutura pra investir nesse meu sonho. O amor pelo funk veio através de umas músicas antigas que eu ouvia por meio de amigos, como por exemplo as músicas do MC Zoio de Gato, MC Felipe Boladão entre outros… O mais legal do funk é a união que ele vem conquistando até no meio de outros ritmos e a mudança que faz na vida de vários menores sonhadores.

Eu vivia falando pra minha tia, que considero minha mãe, que eu ia gravar uns sons na casa de uns amigos meus, e quando eu voltava pra casa já mostrava pra ela como que ficou. Ela é minha fã número 1 eu diria.

As coisas começaram a mudar em 2014, quando vim para o Sacomã e conheci uma molecada que tinha o mesmo sonho que eu. Nessa época eu já tava começando a trabalhar e ter mais noção que era isso mesmo que eu iria correr atrás para concretizar.

Então, em outubro de 2014 entrei pela primeira vez em um estúdio, com o DJ Naffe que até hoje é meu produtor.

Lembro que quando me ouvi depois, meu era uma emoção, um passo dado graças a Deus. Ainda hoje não consigo sobreviver do funk, faço uns baile próximo a comunidade quando aparece. Mas estou na luta. É muito gratificante ver o pessoal curtindo, o sorriso da criançada nos eventos.

Agora estou “bolando” meu primeiro álbum #muitaluz serão 5 músicas novas, e todas de funk consciente que é o estilo que venho cantando há alguns anos já.

Um dos meus sonhos é nunca deixar de sonhar. Mas dentro do funk, penso em dar uma boa condição para meus familiares a quem devo tanto, por tudo que eles fizeram e fazem.

Esperem coisas boas vindo em 2020 Não irei decepcionar, ano passado foi composição em cima de composição e logo mas só as “pura” de verdade nas pistas.”

E aí, se identificou com o MC Elias QZS? Não se esqueça de nos mandar a sua história no email conteaquisuahistoria@kondzilla.com com fotos e o seu celular pra gente entrar em contato.

O quê você
procura?