"Superei a vontade de morrer de quando as pessoas me olhavam como se eu fosse um monstro", conheça o MC Duduzinho da CT

Autor: Redação

Fotos por: Acervo Pessoal

Conte aqui sua historia | 29/11/2019 17:39:13

Anexo faltante

Hoje é sexta-feira e temos mais capítulo do Conte Aqui Sua História, nosso projeto que abre as portas da KondZilla pra você nos contar do seu corre. Quem aparece por aqui hoje é o MC Duduzinho da CT, de apenas 9 anos, que superou o bullying e sonha em construir uma carreira no funk.

“Olá meu nome é Richard Eduardo, sou mais conhecido como MC Duduzinho da CT. Tenho 9 anos de idade, sou da Cidade Tiradentes, e desde que nasci fui diagnosticado com glaucoma congênito (doença rara que afeta crianças e que pode causar cegueira) no olho direito.

Minha mãe sempre me levava ao médico, mas meu olho sempre foi um maior que o outro. Por isso, eu sempre me senti mal na escola pelo fato das crianças ficarem zombando de mim. Isso acontecia em todo lugar, na escola, nos parque, em festas. Eu estava perdendo até a vontade de viver. Certo dia não aguentava mais os alunos da minha escola me zombando e disse para professora que estava com dor no peito só pra sair da escola. Minha mãe me levou para o hospital e tal, fiz isso várias vezes, mas sei que deixei minha mãe mal e preocupada.

Então ela conversou comigo e eu falei a verdade, que eu não queria voltar mais pra escola, não queria ver o mundo. Minha mãe conversou comigo e perguntou o que eu queria ser quando crescer e eu respondi que tinha o sonho de ser MC. Ela começou me apoiar.

Meu sonho é ser MC porque o funk mudou minha vida, eu sofria muito bullying. Hoje tenho 19 músicas que eu mesmo escrevi. Já gravei uma e estou na luta pra gravar as outras. Agora eu não ligo mais para o que as outras crianças falam de mim. Eu me dedico e foco somente nos estudos e na minha música. Eu superei a vontade de morrer quando alguém me olhava como se eu fosse um monstro. Quero ser espelho para outras crianças.

Sou fã do MC Alê porque ele vem da comunidade que nem eu e ele é muito humilde. Sei que assim como ele sonhou e realizou, eu também estou sonhando e vou realizar.

A dica que eu dou pra quem sofre bullying é não se deixar se abater, conversar com quem tá te zoando e perguntar se ele tá se sentindo bem zoando os outros. Não precisa brigar. Você ainda é criança, tem que seguir em frente, seguindo seu sonho, brincar, ser alegre.

Bom essa é minha história de superação eu sei que sou novinho, mas foi muito difícil superar isso. Eu mesmo não me amava, hoje sou meu fã.”

Pequeno, mas brabo. O MC Duduzinho está no corre para inspirar outras crianças, que assim como ele, sofreram com o preconceito.

Quer nos contar sua história? Manda um e-mail pra gente: conteaquisuahistoria@kondzilla.com e não esqueça de nos mandar fotos e o seu celular pra nois entrar em contato. Fechado?

Leia mais:

Passei de futuro traficante pra aluno da USP, a história de Fabrício Oliveira

Conheça a Beatriz, portadora de uma doença rara, funkeira e youtuber

O quê você
procura?